Maior coleção de preservativos

O recordista é o estudante Ricardo di Lazzaro Filho, que possui 419 camisinhas adquiridas em 35 países, de cinco continentes

15/02/2011
15377 Acessos
Imprimir
Maior coleção de preservativos
Foto: Arquivo pessoal - Ricardo di Lazzaro Filho
O estudante de 25 anos de idade, Ricardo di Lazzaro Filho, de São Paulo – SP, entra para o RankBrasil, com um recorde inusitado: a Maior coleção de preservativos. São 419 camisinhas adquiridas em 35 países, de cinco continentes.

A coleção teve início em 2005. Segundo o recordista, na época, como não estava namorando e nem saindo com alguém, sua vida sexual era bastante devagar. “Minha família, sempre muito próxima, eventualmente me dava camisinhas, que acabavam vencendo na gaveta do meu criado-mudo”, conta.

A primeira camisinha da coleção foi presente da avó: “Ela ganhou na Avenida Paulista, durante a Parada do Orgulho Gay de 2005 e me repassou”. Atualmente, toda semana Ricardo passa nas farmácias da capital paulista para ver se tem algum lançamento das marcas brasileiras. “Mas a maior parte das novas camisinhas é comprada no exterior”, diz.

O recordista destaca que metade da coleção foi presente de amigos, parentes ou conhecidos: “Uma vez fui cortar o cabelo e o cabeleireiro que estava do lado me olhou, começou a rir e disse que me viu na TV. Depois falou que tinha um presente para mim e me deu uma camisinha”.

Segundo Ricardo, a amiga Renata foi a maior incentivadora da coleção e quem mais deu preservativos para ele. O recordista também comenta o presente de outra amiga que trabalha em uma ONG de combate a DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis): “Recentemente ela me doou vários itens de sua própria coleção”.

Neste tempo em que Ricardo coleciona preservativos, o dia mais marcante aconteceu em um aeroporto da Holanda. “Quase fui preso tentando comprar uma camisinha com 100 euros, sem saber que a nota era falsa. Resultado: não tive tempo para pegar meu voo de volta, perdi 100 euros e não consegui comprar a camisinha”, lembra.

Conquista e novo desafio
Entrar para o RankBrasil é motivo de alegria para o recordista. “Nunca imaginei ser o maior ou o melhor em nada”, revela. Com o recorde brasileiro, Ricardo se sente incentivado a continuar. De acordo com ele, a maior coleção do mundo é de um italiano de 80 anos, que possui duas mil camisinhas: “Tenho 55 anos para alcançá-lo”.

Para tanto, Ricardo pede a colaboração de todas as pessoas do Brasil e de outros países, com a doação de preservativos.

Agradecimentos
Pelo sucesso de sua coleção, Ricardo agradece “à amiga Renata, por ter sido a maior entusiasta na atividade de colecionar camisinhas, à avó Dora, pela primeira camisinha, à tia Luciana, à cunhada Paula e aos amigos Pamela, Flops e Leo Marques”.


Ele também presta agradecimentos “à equipe do RankBrasil, pela oportunidade de participação através de uma coleção sui generis, ou seja, tão particular, e a todos que contribuíram de maneira direta ou indireta para o recorde brasileiro.

Redação: Fátima Pires

Algumas citações na mídia:
G1