Maior coleção de pratos da boa lembrança

Recorde pertence ao Anesio Fassina, que possui 1.547 itens inspirados em receitas culinárias

28/06/2016
2025 Acessos
Imprimir
Maior coleção de pratos da boa lembrança
Recordista possui 1.547 pratos produzidos pela Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança / Foto: Arquivo Recordista
O paulista Anesio Fassina entra para o RankBrasil em 2016 pelo recorde de Maior coleção de pratos da boa lembrança. Ele possui 1.547 objetos, todos produzidos pela Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança, inspirados nos pratos dos chefs dos estabelecimentos associados.

Engenheiro por formação, mas com carreira profissional consolidada na área financeira, o recordista conta que começou a colecionar os pratos por achá-los uma recordação agradável da ocasião, dos amigos e do local. “Com o passar do tempo se tornou cada vez mais prazeroso”, revela.

De acordo com Anesio, que atualmente reside em São Paulo, os pratos da boa lembrança só podem ser adquiridos se você for a um restaurante da associação e saborear a culinária do local. “A grande maioria dos itens da coleção obtive nos próprios restaurantes, festivais e eventos. Uma parte ganhei de colecionadores, de amigos e de familiares que, ou tinham em casa, ou foram aos restaurantes especialmente para me trazer este presente”.

Para ele, os objetos significam muito mais que uma simples coleção. “Tive a oportunidade de conhecer colecionadores em todo o Brasil, de conhecer com profundidade a culinária existente no país e conquistar amigos que vão desde os garçons dos restaurantes até os chefs e os empresários: estas pessoas se tornam as peças principais neste conjunto de coisas que está sobre o guarda-chuva da boa lembrança”, relata.

Sobre a conquista do recorde, Anesio comenta que já se emocionou muitas vezes durante a trajetória de colecionador. “Contudo, ser reconhecido por uma instituição do porte, gabarito e seriedade do RankBrasil é algo inusitado: é um momento que se eternizará em minha memória e sem dúvida é um marco nesta história que vivencio”.
Conforme Anesio, cada prato vem com as experiências, o sabor, a amizade e o carinho absorvidos no momento da aquisição / Foto: Arquivo Recordista

Os pratos e suas histórias
O paulista explica que os pratos são fabricados artesanalmente, pintados à mão. “Cada prato é único por diferenciar dos outros em algum pequeno detalhe. O desenho é concebido por um artista e leva em consideração os ingredientes utilizados na preparação da receita”.

Conforme ele, cada objeto vem com as experiências, o sabor, a amizade e o carinho absorvidos no momento. “Cada item tem sua história, todas inesquecíveis, algumas impublicáveis, outras românticas. Temos as cômicas e as tragicômicas, algumas com muito carinho, outras com muita amizade. A história de cada um poderia ser traduzida como um capítulo de minha vida”, diz.

Entre as tantas emoções que a coleção já proporcionou para o recordista estão: um bolo que recebeu em um restaurante com o numeral 999, pelo prato 999; um quadro alusivo ao milésimo e que também continha um prato assinado pelos chefs – mais de 60 – presentes em um jantar do congresso dos restaurantes; e durante um jantar magno, que toda a brigada do restaurante com seus chefes surgiram cantarolando e com uma vela comemorando o prato número 1.500.

Por serem tão especiais, os itens estão pendurados nas paredes de uma propriedade de Anesio no interior do estado de São Paulo. “É motivo de muito orgulho possuir os pratos e deixá-los à mostra para que sejam apreciados por aqueles que me dão a honra de sua visita”, finaliza.

Restaurantes da Boa Lembrança
A Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança nasceu em 1994, em Petrópolis (RJ). Atualmente com sede no Recife (PE), possui associados em todas as regiões brasileiras. Os curiosos podem obter mais informações no site www.boalembranca.com.br