Maior quadro da Santa Ceia em MDF vazado

Recorde pertence ao artista plástico de São Leopoldo (RS), Paulo Schaefer, que apresentou uma obra medindo 6,55 m por 2,38 m

01/04/2022
804 Acessos
Imprimir
Maior quadro da Santa Ceia em MDF vazado
Obra gigante mede 6,55 metros de comprimento por 2,38 metros de altura, com vazamento em MDF de seis milímetros de espessura / Foto: Claudio Telles

O artista plástico da cidade de São Leopoldo (RS), Paulo Schaefer, mais conhecido como Paulinho dos Quadros, entra para o RankBrasil em 2022 pelo recorde de Maior quadro da Santa Ceia em MDF vazado. A obra mede 6,55 metros de comprimento por 2,38 metros de altura, com vazamento em MDF de seis milímetros de espessura.

A cerimônia para apresentar o quadro aconteceu em 1° de abril, no ateliê do artista. A representante do RankBrasil, Elisangela Arruda esteve presente. Ela conferiu as medidas e oficializou a nova marca brasileira com a entrega de troféu.

Elisangela afirma que se trata de um recorde de esforço e superação. Segundo ela, o recordista sonha com a arte mudando a vida e ao receber o prêmio fez questão de tirar a primeira foto com Márcio dos Santos oss, amigo a quem Paulo ajudou através de seu trabalho, e hoje é um exemplo de superação. “Este momento foi emocionante”, diz. “Além disto, a obra da Santa Ceia representa esperança”, completa.

O evento também contou com a participação de autoridades do município, pessoas ligadas à mídia e familiares de Paulo, entre sua irmã Maria Juliana Boenny e sua filha Ane Lisie Santos Schaefer. “Meus outros filhos Paulo Gabriel e Bruna não conseguiram participar da cerimônia, mas estavam na torcida”, conta o recordista.

De acordo com Paulo, este quadro representa a coroação de um trabalho de mais de 12 anos e o recorde junto ao RankBrasil é um prêmio para todos os admiradores de suas obras. “Hoje temos na Vila Glória em São Leopoldo, o Maior quadro da Santa Ceia em MDF vazado, feito por um artesão natural da pequena comunidade do Arroio Jaguar, município do Alto Feliz”, destaca.

A obra
Paulo iniciou seus trabalhos artesanais no final de 2008. Alguns meses depois começou a se dedicar no desenho da Santa Ceia para passar para a madeira de forma vazada. “Somente na sétima tentativa consegui chegar ao resultado desejado”, lembra.

Devido à complexidade dos detalhes, o primeiro quadro foi feito no tamanho de 2,60 m por 1,20 m. “A partir daí surgiu a ideia de fazer quadros maiores. Fui me preparando, produzindo quadros fora dos tamanhos convencionais e sempre atento à reação dos consumidores”.

Conforme o artista, o produto de tamanho diferenciado começou a ser aceito e criar certa fama. Então ele decidiu usar este tipo de trabalho para datas comemorativas, criando em 2021 um presépio maior que o normal, o que foi sucesso diante da população. No início de 2022, ao desmontar o presépio e já pensando na Páscoa, Paulo resolveu colocar em prática o sonho de fazer a Santa Ceia gigante.

O recordista comenta que foram vários dias de planejamento, tentativas, desenhos, busca de apoio e busca de material. Paulo conta que a maior dificuldade foi o corte, principalmente nas imagens do meio do quadro, devido à distância da extremidade. “Foram 12 dias de trabalho manual com serra tico-tico e uma furadeira, sendo cinco dias somente para o corte dos apóstolos e de Jesus Cristo”.

De acordo com o artista, apesar dos obstáculos ele conseguiu chegar ao resultado desejado. “Todo o esforço valeu a pena e hoje temos uma obra recordista brasileira exposta no meu ateliê, fazendo referência a uma data tão significativa que é a Páscoa”, finaliza.