Maior arte em pontilhismo

Foram 20 anos para finalizar o projeto, devido à complexidade do desenho e à técnica utilizada

12/04/2007
17625 Acessos
Imprimir
Maior arte em pontilhismo
Foto: Arquivo pessoal - Marco Antonio Ferreira
Marco Antonio Ferreira entra para o RankBrasil com um desenho feito todo em pontinhos com tinta naquim, medindo 50x80. Através da obra ´Peumoch´, que demorou 20 anos para ser concluída, ele conquista o recorde brasileiro de Maior arte em pontilhismo.

A técnica é conhecida desde a segunda metade do século XIX e consiste em traçar o rascunho do tema, prosseguir preenchendo toda a extensão do trabalho, concentrando o máximo possível de pontos. Mesmo em detalhes, em que é necessário o preto total como, por exemplo, na retratação do espaço cósmico, os pontos são utilizados.

O recordista conheceu a técnica em 1979, em um curso básico de desenho artístico. Há 28 anos trabalha com o pontilhismo, tendo sete trabalhos concluídos e outros iniciados. As obras podem demorar de um a dois meses, se forem sob encomenda. Porém, se for alguma obra espontânea, pode levar anos para ser concluída.

Para Marco Antonio, o trabalho com pontilhismo é interessante por permitir uma definição especial de detalhes e tons, sendo possível uma visão de perto diferenciada de uma visão de longe.

“Procuro mostrar temas sob ponto de vista um pouco irreverente, pois os considero futuro próximo. Enumero os trabalhos colocando em cada obra um diabinho, que carrega o número correspondente de pequenos crânios”, destaca.

Redação: Rejane Rehfeld
Revisão: Fátima Pires