Menor maquete de quadra de vôlei

Com muita paciência e habilidade, Vicente Mendonça construiu a quadra recordista na cabeça de um alfinete

26/08/2004
13177 Acessos
Imprimir
Menor maquete de quadra de vôlei
Há alguns anos, o lustrador de móveis do Rio de Janeiro - RJ, Vicente Mendonça, vem desenvolvendo seu lado artístico, com obras de difícil visualização. Em 2004, ele entra para o RankBrasil pela Menor maquete de quadra de vôlei.

Com muita habilidade e paciência, Vicente construiu a quadra na cabeça de um alfinete, com 2mm por 1mm. O recordista utilizou papelão pintado, lixa, tesoura e estilete, e demorou quatro horas para finalizar o trabalho.

Para poder observar a quadra, a lupa é um instrumento quase que obrigatório. Nada escapa da criatividade de Vicente, que tenta transformar as notícias do dia a dia em miniaturas. A maioria das peças de sua arte mede entre 2mm e 4cm.

O recordista conta que já criou réplicas de pontos turísticos, entre eles, o Maracanã, Cristo Redentor e Pão de Açúcar, de fatos históricos, como as Torres Gêmeas sendo atingidas pelos aviões, e até de utensílios domésticos, entre faquinhas, colheres e enxadas.

Os objetos são milimetricamente esculpidos em madeira, ferro e plástico, mas paciência e sensibilidade são as principais ferramentas.

Sua primeira obra e uma das que mais deu trabalho foi um violão de apenas três centímetros. No início, ele levava cerca de quatro dias para concretizar uma miniatura, mas com o passar dos anos, foi adquirindo prática e reduziu o tempo para dois dias.

Vicente é marceneiro de acabamentos e se dedica à arte das miniaturas nas horas vagas. "Trabalho bastante durante a madrugada, que é mais tranquila para que eu possa criar", destaca.


Redação: Aline F. Cardoso
Revisão: Fátima Pires

Algumas citações na mídia:
Prefeitura Itaboraí