Estrutura com maior balanço em concreto protendido

Quem passa pela principal via de acesso da cidade de Natal, na BR 101, pode admirar o pórtico suspenso

20/12/2009
15152 Acessos
Imprimir
Estrutura com maior balanço em concreto protendido
Foto: Demis Roussos
A cidade de Natal - RN entra para o RankBrasil em 2009 pelo recorde de Estrutura com maior balanço em concreto protendido do país e possivelmente, das Américas, com uma estrutura de 60 metros total, sendo 50 metros em balanço e 10 metros de engaste.

O monumento está localizado na principal via de acesso da cidade de Natal, na BR 101, podendo ser admirado como um reluzente cometa iluminado. Tem acabamento de uma estrela espacial com barras metálicas, inscrita em uma esfera de quatro metros.

O pórtico monumental que atravessa a larga via de acesso, possui um balanço de 50 metros e termina do outro lado da calçada, sobre três estátuas representando os Reis Magos. Foi um presente em comemoração aos 400 anos da cidade, no ano de 1999. Representa o cometa que orientou os três Reis Magos a Belém, para o nascimento de Jesus Cristo.

As responsabilidades da obra do projeto monumental ficaram por conta dos projetistas estruturais da firma Engecal Engenharia e Cálculos: o engenheiro José Pereira da Silva, como autor do projeto, e Flávio César Pereira e Fábio Sérgio Pereira como coautores.

O projeto arquitetônico do pórtico é de autoria do arquiteto Moacyr Gomes e a estrutura foi construída em um tempo recorde de 60 dias, pela construtora A. Gaspar S.A. O grande desafio foi construir o monumento sem obstruir o trânsito.

Pela beleza e criatividade da obra, o pórtico é referência na cidade e símbolo de destaque, sendo veiculadas imagens noturnas do monumento nas chamadas do programa Jô Soares, pela Rede Globo de Televisão.

Estrutura do pórtico
Possui inclinação de 37 graus. Na seção triangular, possui uma base superior de 4,54 m e uma altura de 6,39 m. Os serviços de protensão foram realizados pela protende, sendo consumidos 102 m³ de concreto protendido. A seção é protendida com 26 cabos de 12 cordoalhas, de 12,7 mm de aço RB-190.

Na extremidade, a seção triangular se reduz para 0,70 m de base e 1,00 m de altura. No vértice inferior, o ângulo é constante em todo o comprimento, para facilitar as formas. Os cabos de protensão são protendidos e ancorados pela parte inferior e pré-blocados na extremidade, possuindo comprimentos variáveis de acordo com a necessidade estática.



Redação: Raquel Susin
Revisão: Fátima Pires