Maior árvore de Natal feita com garrafas pet

Com 22 mil garrafas pet e medindo 21 metros de altura, prefeitura de Salvador (BA) quebra recorde brasileiro

16/10/2020
40494 Acessos
Imprimir
Maior árvore de Natal feita com garrafas pet
Árvore de Natal de Salvador mediu 21 metros de altura e reuniu 22 mil garrafas pet de dois litros cada / Foto: Arquivo prefeitura de Salvador
A prefeitura municipal de Salvador (BA) quebra recorde junto ao RankBrasil em 2020 pela Maior árvore de Natal feita com garrafas pet. Construída para embelezar a cidade no Natal de 2019 e incentivar a reciclagem, a obra mediu 21 metros de altura e reuniu 22 mil garrafas de plástico, de dois litros cada.

Desde a sua concepção, até a montagem e instalação foram necessários quatro meses, com a participação de cerca de 30 pessoas. A árvore ficou exposta na Praça Municipal, no centro histórico de Salvador, entre o Elevador Lacerda e a prefeitura.

Profissionais da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) realizaram os trabalhos de produção da obra, que teve assinatura do artista plástico Gilson Cardoso. Para a arrecadação do material foi feita uma campanha interna com todos os órgãos e secretarias da prefeitura, além de parcerias com empresas que realizam eventos e que utilizam garrafas pet.

“O principal objetivo foi conscientizar a população para a necessidade da preservação do meio ambiente através da reutilização de materiais recicláveis”, destaca Marcus Vinicius Passos Raimundo, que é secretário da Secretaria Municipal de Ordem Pública e ex-presidente da Limpurb, à frente do cargo na época da produção da árvore.

Segundo ele, o projeto surgiu de uma vertente da educação ambiental desenvolvida pela prefeitura municipal do Salvador. “A obra foi produzida com alguns materiais que iriam, a princípio, para o aterro sanitário. Utilizamos o período natalino para alcançar um público amplo, pois é quando Salvador está repleta de turistas e a população circula pela cidade”, diz.

Além de garrafas pet, a árvore gigante foi construída com arame, lacre, tela de proteção, e tinta esmalte sintético vermelho, dourado e verde para colorir os enfeites. Após a desmontagem, todas as garrafas foram doadas para cooperativas de reciclagem.

O prefeito ACM Neto destacou o trabalho coordenado pela Limpurb e disse que as ações integram um programa de conscientização ambiental implantado na administração municipal. “Nas escolas, secretarias e outros órgãos públicos nós sempre trabalhamos com campanhas ambientais. Fiquei muito feliz com o resultado”, afirma.

Incentivando a reciclagem
Entre as ações que a prefeitura de Salvador realiza para incentivar a reciclagem está a parceria com cooperativas e associações de catadores, através da disponibilização de caminhões de coletas e encaminhamento dos recicláveis coletados.

Em 2019, a prefeitura implantou o Programa Casa Soma, no qual o cidadão entrega o seu resíduo reciclável, o que gera pontos que depois podem ser trocados por produtos ou serviços no comércio local nos bairros. Até o primeiro semestre de 2021 mais 10 casas serão implantadas.

Além disso, existe uma equipe de 38 pessoas, entre coordenadores, técnicos e agentes de educação ambiental, que realizam ações como educação porta-a-porta, palestras em escolas públicas e particulares, atividades amplas na Semana do Meio Ambiente, e utilização das redes sociais para divulgação de informações de incentivo à reciclagem.

A equipe também realiza o programa ‘A onda é preservar. Praia boa é praia limpa’. O objetivo é orientar a população sobre a maneira mais adequada de acondicionar e descartar os resíduos gerados nas praias. No verão de 2019/2020 as ações atingiram um público de 9.600 pessoas, entre banhistas e comerciantes.

O Festival da Virada, que ocorreu durante o Réveillon, foi outro trabalho desenvolvido. Além da realização da coleta seletiva aconteceu a orientação dos comerciantes informais, a respeito da forma mais adequada de segregar, bem como destinar os resíduos gerados durante o evento.

A prefeitura ainda atuou no Carnaval 2020 com 14 centros de apoio, para os quais os catadores levavam as latinhas e plásticos retirados das ruas do circuito da folia, pesavam e recebiam o dinheiro na hora. Foram coletadas 1.562 toneladas de resíduos.

Recorde Superado:

RecordistaUFAlturaNº de garrafas petAno
Prefeitura de Barra VelhaBarra Velha/SC16,40m30 mil2018
Prefeitura de Barra VelhaBarra Velha/SC15,2m19 mil2017
Associação Comunitária e Assistencial do Jardim São Domingos (Ascad)Guarulhos/SP 14,87m5.5802014