Mais tradicional arte marcial brasileira

A capoeira, que entra para o RankBrasil, teve início no país no século XVI

16/12/2011
7123 Acessos
Imprimir
Mais tradicional arte marcial brasileira
Com início no século XVI, a capoeira entra para o RankBrasil em 2011, por ser a Mais tradicional arte marcial criada e desenvolvida no Brasil, que também é esporte e música.

A capoeira foi criada por escravos africanos, pela necessidade de desenvolver formas de proteção contra a violência e repressão dos colonizadores brasileiros.

Atualmente difundida em diversos países, a arte mostra para o mundo, geralmente através de espetáculos, uma das principais riquezas culturais do Brasil.

Além disso, a capoeira atrai para o país alunos estrangeiros, que se esforçam para compreender o idioma português, exclusivamente com o objetivo de aperfeiçoar as técnicas na área.

Nos treinos, os capoeiristas aprendem a jogar, lutar e também a cantar e tocar os instrumentos típicos. A arte é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, entre eles, acrobacias em solo ou aéreas

Origem do nome


A palavra ‘capoeira’ é originária do tupi-guarani e se refere às áreas de mata rasteira do interior do Brasil, onde os negros fugitivos enfrentavam seus perseguidores.

Esporte nacional
No ano de 1953, o mestre Bimba, um importante capoeirista do Brasil, apresentou a capoeira para o então presidente Getúlio Vargas. O governante do país gostou tanto da arte que a transformou em esporte nacional brasileiro.

Patrimônio imaterial
Motivo de orgulho para o Brasil, em 2008 a arte foi reconhecida como patrimônio imaterial da cultura brasileira, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), do Ministério da Cultura.

Estilos da capoeira
- Angola: mais tradicional, criado na época da escravidão, com ritmo musical lento e golpes jogados mais baixos.
- Regional: mistura da capoeira angola com o jogo rápido de movimentos, ao som do instrumento berimbau.
- Contemporâneo: mistura dos outros dois, com técnicas acrobáticas. É o estilo praticado na atualidade.

Mais velha capoeirista
A Mais velha capoeirista brasileira em atividade, que também está no RankBrasil, é Maria Luiza Coelho Silva, que em 2011 completa 62 anos.

Redação: Fátima Pires