Maior memorização de datas comemorativas

Professor de artes bate recorde ao memorizar 394 datas do calendário brasileiro

24/11/2018
987 Acessos
Imprimir
Maior memorização de datas comemorativas
O diretor do RankBrasil, Luciano Cadari entrega o troféu de recordista para o professor Leovaldo Borges de Lima Filho / Foto: RankBrasil
O professor de artes da cidade de São José do Rio Preto (SP), Leovaldo Borges de Lima Filho entra para o RankBrasil em 2018 pela Maior memorização de datas comemorativas. Ele memorizou 392 dias especiais do calendário brasileiro, listando data por data durante aproximadamente uma hora e 20 minutos.

Realizado no Hotel San Martin, em Curitiba, o desafio aconteceu no dia 24 de novembro, com a presença do diretor do RankBrasil, Luciano Cadari. De acordo com Cadari, o recorde foi desafiador: “Exigiu muita concentração para não errar nenhuma informação”.

Leovaldo diz que sempre teve o sonho de ser reconhecido por uma habilidade única, mas não sabia por onde começar. “Percebi que tinha muita facilidade de memorizar datas, nomes e outras coisas. Em 2015, através de uma pesquisa, descobri o RankBrasil e comecei a enviar solicitações de recorde”, lembra.

Para estabelecer a marca brasileira, o recordista se preparou durante aproximadamente nove meses. Ele conta que foram muitas as dificuldades, mas sempre teve fé que um dia conseguiria esta vitória. “Às vezes estudava durante a madrugada e sempre que possível ficava repetindo a lista com o pensamento para lembrar”.

O professor comenta que o recorde significa muito para toda sua família. “É uma honra ter meu nome e o sobrenome da minha mãe e da minha avó no RankBrasil, que é referência em recordes no país”, afirma. Na oportunidade, Leovaldo agradece à equipe do RankBrasil, por atenciosamente responder todas as suas dúvidas durante o processo de registro do recorde. “Acima de tudo agradeço a Deus por esta conquista”, completa.

Além de datas comemorativas, o paulista já memorizou algumas capitais de países, nomes de cidades e personalidades. Ele acredita que para ter uma boa memória é preciso praticar. “Não é fácil lidar com muitas informações ao mesmo tempo, acho que praticar seria o jeito mais correto para conseguir uma boa memória”, diz.
Leovaldo Borges de Lima Filho bate recorde ao memorizar 394 datas comemorativas do calendário brasileiro / Foto: RankBrasil


Trajetória de um recordista
Natural de Votuporanga (SP), Leovaldo tem 23 anos de idade. É filho da professora de português Maria José e do caminhoneiro autônomo Leovaldo. Residiu por alguns anos no município de Bady Bassitt (SP) e atualmente mora em São José do Rio Preto (SP).

Ele acredita que escolheu a profissão de professor de artes motivado por acompanhar a carreira de sua mãe desde criança. “Sempre tive muitos livros em casa e fui um menino muito curioso, que o tempo todo buscava conhecimento”, finaliza.