Maior tempo dançando samba no pé

Sambando durante 15 horas, um minuto e 23 segundos, Alan Fagundes é o novo recordista do RankBrasil

15/02/2011
6673 Acessos
Imprimir
Maior tempo dançando samba no pé
Luciano Cadari entrega o troféu do RankBrasil ao recordista Alan Fagundes - Imagem: divulgação RankBrasil
O professor Alan Fagundes, de Caxias do Sul – RS, supera desafio e conquista o título nacional em 2011 de Maior tempo dançando samba no pé de maneira ininterrupta. Os fiscais do RankBrasil, Luciano Cadari e Bruno Paes, foram ao Rio Grande do Sul exclusivamente para conferir o recorde.

Com a liberdade de fazer qualquer passo de samba e na velocidade que achasse melhor, desde a mais lenta até a mais rápida, Alan começou a dançar às 6h09 e encerrou a atividade às 21h10. O evento aconteceu em 15 de fevereiro, na Academia Vida Sports.

As músicas foram selecionadas e trocadas pelo próprio recordista. Ele escolheu vários estilos do samba, do período de quando iniciou até os dias atuais, predominando as canções das décadas de 80 e 90.

Durante o desafio, não foi permitido usar energéticos, apenas tomar água tônica e hidrotônico. Sem parar de sambar, o recordista também comeu banana, maça, sanduíche e chocolate, e foi ao banheiro quatro vezes.



Homenagem ao samba
Alan explica que, analisando recordes anteriores, percebeu que ninguém havia feito um desafio deste gênero e então resolveu homenagear o samba. O recordista diz que não precisou se preparar fisicamente: “Minha rotina de trabalho já é uma forma de preparo”. Mentalmente, ele conta que procurava não pensar muito sobre o assunto.

No dia do desafio, a sensação de Alan “era estar fazendo o que realmente gosta: dançar”. Ao terminar a prova, a emoção foi de missão cumprida. “Muito bom sentir isto”, destaca. Conforme o recordista, entrar para o RankBrasil é motivo de orgulho: “Além de testar a minha própria resistência, é ótimo ser o número um do país”.

Pela conquista, o professor agradece “primeiramente a Deus, que possibilitou tornar este evento real; à minha grande mulher, que me aguenta em tudo o que invento; à proprietária da Academia Vida Sports, por acreditar na minha ideia; e à equipe da A Basilar Móveis, única loja de Caxias que apostou no recorde”.

História de um recordista
Alan é bacharel em fitness. Atualmente é coreógrafo profissional, personal trainer, professor de várias modalidades de ginásticas e danças e também de ginásticas em navios e cruzeiros. Em mais de 10 anos, ele já trabalhou e ministrou aulas de ginástica e cursos de dança de salão em diversas academias e resorts do Brasil e exterior.

Ele nasceu em uma família de dançarinos e esportistas, e começou a ser estimulado para a dança aos dois anos de idade. Com quatro, iniciou a prática das artes marciais; aos cinco, a capoeira; e com nove anos, já dançava tango e se apresentava em diversas cidades.

Aos 12 anos, Alan já era profissional das artes marciais e tinha grande conhecimento em dança de salão. O professor também treinou por 10 anos consecutivos voleibol, onde iniciou em times de base de uma universidade, até jogar no profissional.

Misturando os treinos com as artes marciais, Alan nunca deixou de lado a dança de salão. Com 15 anos, foi para Buenos Aires, na Argentina, especializar-se em Tango, onde foi convidado a participar do corpo de baile na casa de espetáculos, na época chamada ´Tango Mio´ e atualmente, ´Senhor Tango´.

O recordista também é colecionador de prêmios nacionais e internacionais na área de fitness e em danças, e participa de diversos encontros e cursos de dança de salão com celebridades.


Redação: Fátima Pires