Primeiro carro fabricado no Brasil

Uma Perua DKW circulou pelo país no dia 15 de novembro de 1957

07/12/2006
36767 Acessos
Imprimir
Primeiro carro fabricado no Brasil
Apresentado 1956, em 15 de novembro de 1957 já circulava nas ruas do país o Primeiro automóvel fabricado no Brasil, com um índice de nacionalização relativamente elevado: a Perua DKW.

As linhas traseiras quadradas nada tinham a ver com a frente arredondada, herdada dos DKW fabricados na Alemanha, pela Auto-Union. Não havia muitas alternativas quanto à cor da pintura e nem do estofamento. Apesar do design pouco atraente, a Perua surpreendia pelo desempenho e economia.

O motor era de dois tempos e três cilindros, com tração dianteira, 900cm³ e 40CV. No entanto, sua aceleração e velocidade máxima eram razoavelmente boas para a época.

O câmbio tinha quatro marchas para a frente, estabilidade satisfatória e o consumo de gasolina surpreendentemente baixo. O grande inconveniente era a necessidade de se misturar o óleo à gasolina, no próprio tanque, além do horrível cheiro exalado.

A Perua DKW também foi o primeiro carro brasileiro com características de continuidade. Em 1959, porém, o automóvel nacional se tornou uma realidade palpável: ele era visto nas ruas e nas estradas, estava nas concessionárias e podia ser adquirido até mesmo com financiamento.

Neste ano surgiu ainda a Perua DKW de linhas renovadas, o sedan DKW, o primeiro Volkswagen 1200, o Simca Chambord, a VW Kombi e o Renault Dauphine.


Fontes: Quatro Rodas e Carro Antigo
Redação: RankBrasil
Revisão: Fátima Pires