Maior parque nacional

Recorde é do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, localizado no Amapá, que tem aproximadamente 3.867.000 hectares

08/10/2007
7419 Acessos
Imprimir
Maior parque nacional
Foto: Leonardo Milano
O Tumucumaque, que entra para o RankBrasil em 2007, é o Maior parque nacional do país e uma das maiores áreas de floresta tropical protegidas do mundo, com aproximadamente 3.867.000 hectares.

A Unidade de Conservação (UC) foi criada em 22 de agosto de 2002 e se estende por uma vasta região, distribuída pela fronteira norte do Brasil, no Amapá e uma pequena porção do Pará. Apresenta um clima quente e úmido, dominado por uma floresta tropical densa.

A floresta é exuberante e rica. Algumas espécies de árvores merecem destaque: maçaranduba, maparajuba, cupiúba, jarana, mandioqueira, louros, acapu, acariquara, matamatás, faveiras, abioranas, tauari e tachi, matamatás, breus e acariquara.

Além da riqueza da flora, a região abriga as nascentes de todos os principais rios do Amapá, com ênfase para o Oiapoque, o Jari, e o Araguari. Também merecem destaque dois divisores de águas na área: a serra do Tumucumaque e a serra Lombarda.

A reserva ecológica do parque tem como objetivo assegurar a preservação dos recursos naturais e da diversidade biológica, bem como proporcionar a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação, de recreação e turismo ecológico.

Esse tipo de empreendimento vai além de proteger a biodiversidade. Uma reserva ecológica gera empregos, diretos e indiretos, estimula o turismo, serviços de transporte, hotelaria, gastronomia e serviços de guia.

Mudança de paradigma
Levando em consideração que a população desta região tem uma cultura extrativista, é necessária uma mudança de paradigma, pois no parque é proibida qualquer forma de extração de recursos. As comunidades terão que passar por uma alteração em suas atividades, substituindo o extrativismo por trabalhos de prestação de serviços em função da reserva.


Fontes: Montanhas do Tumucumaque e WWF Brasil
Redação: Raquel Susin
Revisão: Fátima Pires