Mais jovem pintor em telas

Com três anos e sete meses, Adauto Kovalski da Silva conquista mais um recorde no Rankbrasil

14/03/2006
10943 Acessos
Imprimir
Mais jovem pintor em telas
Adauto Kovalski da Silva, que é o Mais jovem escritor do país, conquista mais um título no RankBrasil: o Mais jovem pintor em telas. Com apenas cinco anos, Adautinho, como gosta de ser chamado, já possui um considerável acervo de obras intituladas por ele mesmo.

Com dois anos de idade, o recordista já brincava com tintas e papel, procurando criar formas de animais e flores. Aos três anos e sete meses, manipulava e elaborava seus quadros com tinta guache e cola, em papel ou em madeira.

Um dos quadros que atualmente decora seu quarto foi criado em 2003, intitulado ´Mar na Parede´. A obra foi feita na ocasião em que a sua tia contratou uma profissional para decorar a parede do seu quarto.

"Ele pediu uma pintura de mar e céu, mas a profissional pintou uma queda de água e um rio. O menino, que não conseguia explicar o que queria, resolveu pintar para que ela entendesse", diz a tia Maria José. Orgulhosa, ela lembra também o quanto é legal ver a facilidade que ele tem para dar nome às obras.

Hoje, com o tempo e o desenvolvimento da coordenação motora, sem aulas especiais, apenas com orientação para composição das cores e desenhos, Adauto foi aperfeiçoando suas técnicas.

Suas obras mais recentes já foram feitas com tinta acrílica, tinta óleo sobre tela, inclusive com sobreposição e colagem de objetos. O recordista gosta de seguir uma linha de natureza e até mesmo alguns abstratos.

Suas inspirações surgem das coisas mais simples do cotidiano, como numa conversa com a tia, quando deixa a imaginação voar, ou na casa do avô, em companhia da madrinha.

O garoto tem na pintura, um jeito diferente de brincar, onde sente como se estivesse criando o mundo. Depois da tela pronta, pergunto se pretende mudar algo e a resposta está na ponta da língua: "Nunca quero mudar, o que fiz está feito, se mudar estraga".

Adauto sempre faz o desenho de uma estrela como sua marca registrada. Dai surgiu a obra ´Estrela da vida´, que, segundo a tia, tem denominação verdadeira: “Sempre que olha para o céu, a maior estrela que vê é a estrela da vida. Este quadro ele queria pintar durante muito tempo, até que um dia, pediu tela, tinta e para eu ficar ao seu lado. Logo, estava pronto”.

Redação: - Cristina Cadari
Revisão: Fátima Pires