Maior quantidade de balões soltos

No dia 31 de dezembro de 2006, a ACSP superou seu próprio recorde, soltando 112 mil balões de gás

31/12/2006
10844 Acessos
Imprimir
Maior quantidade de balões soltos
A ACSP (Associação Comercial de São Paulo) superou novamente seu recorde, soltando 112 mil balões de gás. O evento, realizado em 31 de dezembro de 2006, está na sua 16° edição e já virou tradição nos finais de ano dos paulistas.

Tudo começou em 30 de dezembro de 1992, quando os office-boys da ACSP resolveram soltar 100 bexigas de gás, ao invés de papéis picados, evitando assim, a poluição na cidade. No ano seguinte, mais funcionários colaboraram e foram soltas mil bexigas.

A partir de dezembro de 1994, a diretoria da empresa assumiu o evento e soltou cinco mil, e a festa passou a evoluir a cada ano. Desta forma, tradicionalmente, todo último dia útil do ano, a ACSP proporciona um lindo espetáculo nos céus de São Paulo.

Para a festa, os preparativos são iniciados com um mês de antecedência, quando é solicitada uma licença e alvará da prefeitura de São Paulo e da Engenharia de Trânsito.

Pelo fato de ser realizada publicamente no pátio do colégio onde nasceu a cidade, a preocupação com os espectadores é fundamental para o sucesso do evento. Também é contratado um equipamento de som para a trilha sonora no momento da soltura, que desta vez foi a música ´Brasileirinho´.

A ideia de fazer uma bandeira do Brasil com 40 x 20 metros surgiu por ser ano da Copa do Mundo e eleição presidencial. A gigantesca bandeira começou a ser preparada à meia noite do dia 30, onde foi feita a demarcação do espaço da praça e a formação do desenho com fios e redes.

Às 8h da manhã do dia 31, cerca de 100 pessoas encheram as bexigas com gás hélio, que não é inflamável nem poluidor. O evento é um presente para todos os paulistas e ao Brasil, pois além de ser uma festa para comemorar a chegada do novo ano, também demonstra a preocupação com a natureza, onde tudo é pensado de acordo com a preservação ambiental.



Recordes anteriores

AnoQuantidade
200250 mil balões
200355 mil balões
2004110 mil balões


Redação: RankBrasil
Revisão: Fátima Pires