Tenista brasileiro melhor colocado no ranking da ATP

Um dos melhores do mundo, atleta ocupa o 108° lugar no ranking internacional

24/02/2014
7001 Acessos
Imprimir
Tenista brasileiro melhor colocado no ranking da ATP
O tenista Thomaz Bellucci é o atual número 1 do Brasil ocupando a 108ª posição do ranking internacional da ATP, com 532 pontos, divulgado em 24 de fevereiro de 2014.

Ele jogou bem no ATP 500 do Rio de Janeiro e conquistou 90 pontos após alcançar as quartas de final da prova, com isso o brasileiro subiu 22 posições.

Bellucci também é o tenista brasileiro que atingiu a segunda posição mais alta no ranking da ATP, desde que o sistema foi criado, em 1973, atrás apenas de Gustavo Kuerten, o Guga. Nos Jogos de Londres, ele faz sua segunda participação em Olimpíadas, depois da disputa no individual em Pequim, em 2008.

Carreira
Bellucci nasceu em Tietê – SP, em 30 de dezembro de 1987 e iniciou no tênis profissional em 2005. Na Copa Davis – maior competição do esporte por equipes – ele representou o Brasil em 2007, no confronto contra a Áustria; em 2008, contra a Colômbia; e em 2009, contra o Equador.

Também em 2007, o brasileiro teve rápida ascensão, sendo vice-campeão em dois Challengers, em Cuenca, no Equador e em Bogotá, na Colômbia. No mesmo ano, ganhou um título de duplas na Copa Petrobras de Tênis, na etapa de Bogotá, ao lado do mineiro Bruno Soares.

No ano de 2008, ele conquistou quatro Challengers na América do Sul e África, e ainda participou pela primeira vez de um Grand Slam Roland Garros, chamando a atenção dos críticos por suas habilidades. Em 2009, fez sua primeira grande participação nos torneios ATP no Brasil Open, realizado na Costa do Sauípe – BA, ficando em segundo lugar.

Ainda em 2009, o brasileiro obteve seu primeiro ATP, o de Gstaad, na Suíça e em outubro chegou pela primeira vez no Top 50 do ranking mundial. No mês de novembro, entrou na lista dos 40 melhores tenistas do planeta.

Entre os melhores brasileiros da história
Em 2010, foi campeão do ATP do Chile e ficou entre os 30 melhores do mundo. No mesmo ano, chegou pela primeira vez às oitavas-de-final de um Grand Slam Roland Garros. Com o resultado, sagrou-se como o segundo melhor brasileiro da história do ranking da ATP, obtendo a 24º posição. Depois ainda subiu para o 21º do mundo, melhor colocação de sua carreira.

Outras conquistas
No ano de 2011, no ATP 500 de Acapulco, no México, Bellucci conseguiu sua primeira vitória sobre um top 10 do ranking mundial, o espanhol Fernando Verdasco, que era o número 9. O brasileiro fez sua melhor campanha neste tipo de torneio, chegando às semifinais.

No mesmo ano, conseguiu vencer outros tenistas do top 10, chegando às semifinais do Masters 1000 de Madrid, na Espanha, posição que o Brasil não conseguia há oito anos. Depois de algumas derrotas durante 2011, terminou no 37º lugar do ranking.

Ascensão
O ano de 2012 deu uma reviravolta na carreira do atleta. Ele sofreu várias derrotas, chegando a cair para o número 80 no ranking mundial. Mas logo em seguida, o tenista se recuperou, vencendo o Challenger de Braunschweig, na Alemanha, quando alcançou a 64º posição.

Melhor tenista do Brasil da atualidade, Bellucci também foi à semifinal do ATP 250 de Stuttgart, na Alemanha e poucos dias depois, tornou-se bicampeão do ATP 250 de Gstaad, subindo novamente no ranking internacional.

Fontes: Wikipédia, ATP e Globo Esporte
Redação: Fátima Pires