Melhor marca no arremesso de peso masculino

O atleta Darlan Romani bateu o próprio recorde brasileiro ao atingir 21,02m na final da modalidade nos Jogos Olímpicos do Rio

18/08/2016
15504 Acessos
Imprimir
Melhor marca no arremesso de peso masculino
Darlan Romani atingiu 21,02m nas Olimpíadas do Rio, ficando com a quinta colocação na modalidade / Foto: Alexandre Loureiro_Exemplus_COB
Nas Olimpíadas do Rio de Janeiro (RJ), em 2016, o atleta de Concórdia (SC), Darlan Romani superou o próprio recorde junto ao RankBrasil de Melhor marca no arremesso de peso masculino.

Ele atingiu 21,02m na final da modalidade nos Jogos, ficando com a quinta colocação. Antes disto, na fase classificatória, o catarinense arremessou 20,94m, já ultrapassando seu recorde anterior.

Recordista do Brasil na modalidade várias vezes desde 2012, Darlan nasceu em 9 de abril de 1991. Atleta do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA tem em seu currículo várias conquistas, entre elas, em 2015 foi campeão dos Jogos Mundiais Militares realizados na Coreia do Sul, com a marca de 20,08m, e ficou em sexto lugar nos Jogos Pan-americanos de Toronto.

No mesmo ano ainda fez um arremesso de 20,90m, obtendo o sexto lugar no ranking mundial da prova. Em março de 2016, apesar de não avançar para a final, atingiu 18,50m, quebrando o recorde brasileiro de arremesso de peso indoor, no Mundial de Atletismo em Pista Coberta, em Portland, EUA.

Brasil na modalidade olímpica
O Brasil não participava do arremesso de peso olímpico há 80 anos. A última vez que um brasileiro esteve na prova foi em Berlim (1936), com Antônio Pereira Lira. Antes, representaram o país apenas José Galimberti e Otávio Zani, em Paris (1924). A modalidade faz parte dos Jogos desde a primeira Olimpíada da Era Moderna, realizada em Atenas (1896).