Melhor marca no salto com vara no juvenil

Atleta salta 5,55 metros e ganha para o Brasil a segunda medalha de ouro na história do atletismo em um mundial da categoria

4837 Acessos
Imprimir
Melhor marca no salto com vara no juvenil
Thiago Braz possui a Melhor marca brasileira no salto com vara no juvenil, com 5,55 metros. O desafio aconteceu no Estádio Olímpico de Barcelona, na Espanha, em 12 de julho de 2012.

Com apenas 18 anos, o atleta quebrou quatro vezes o próprio recorde brasileiro na competição espanhola. Ele chegou com a marca pessoal de 5,35, que passou a 5,40m, 5,45m, 5,50m, até 5,55m.

A conquista de Thiago deu ao Brasil a primeira medalha de ouro no salto com vara e a segunda da história do atletismo em um Mundial Juvenil. O ouro anterior do país em um campeonato do gênero foi obtido há 18 anos, em 1994, pelo atleta Clodoaldo Gomes da Silva, na corrida dos 20km de rua, em Lisboa, Portugal.

Jovem recordista
Thiago nasceu em 16 de dezembro de 1993, em Marília – SP. Ele começou a saltar aos 14 anos e atualmente defende o Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Com 71kg e 1,86m, o saltador treina ao lado da atleta sul-americana da modalidade, a campeã mundial Fabiana Murer.

Nas Olimpíadas de Londres
O atleta foi convidado pelo Comitê Olímpico Brasileiro pra conhecer as instalações da Vila Olímpica e dos Jogos de Londres, dentro do projeto ‘Vivência Olímpica’, um programa para jovens talentos. O objetivo é antecipar a experiência olímpica, preparando os atletas para 2016.

Outras conquistas
Em 2010, ele obteve a prata na Olimpíada da Juventude de Cingapura, e no ano de 2011, o ouro no Pan Juvenil de Atletismo de Miramar, nos Estados Unidos. Em seu perfil no BM&FBOVESPA, Thiago revela um sonho: ser campeão olímpico.

No adulto Thiago Braz saltou 5,83 metros durante o Campeonato Sul-americano de Atletismo, disputado em Cartagena, na Colômbia, no ano de 2013.

Salto com vara
O salto com vara é uma modalidade do atletismo onde os competidores utilizam uma vara longa e flexível para alcançar altura e passar por cima de uma barra. Com início na Grécia antiga, até o começo do século XX as varas eram feitas de bambu ou madeira, e posteriormente de alumínio. As varas modernas são produzidas a partir de fibra de carbono ou fibra de vidro.


Fontes: Portal Terra, Rede Record, Clube de Atletismo BM&FBOVESPA e Jornal Nacional
Redação: Fátima Pires