Primeira mulher DJ do Brasil

Ela iniciou na área no ano de 1963 em festinhas de amigos, depois, de maneira mais formal atuou em boates e outras festas e a partir de 1977 começou a tocar na discoteca ‘Papagaio Disco Club’

02/11/2012
16869 Acessos
Imprimir
Primeira mulher DJ do Brasil
Foto - Arquivo pessoal - Sonia Abreu
Sonia Maria Saraiva Santos Abreu, mais conhecida como Sonia Abreu, entra para o RankBrasil por ter sido a primeira mulher DJ do país.

Ela iniciou na área no ano de 1963 em festinhas de amigos, depois, de maneira mais formal atuou em boates e outras festas e a partir de 1977 começou a tocar na primeira e extinta discoteca do país, a ‘Papagaio Disco Club’, da cidade de São Paulo.

Na mesma época, a recordista iniciou uma coluna sobre música na Revista POP. Entre 1968 e 1978, atuou como produtora musical da rádio Excelsior/ Globo, também na capital paulista, período de maior audiência da emissora.

A recordista também lançou no mercado a música do Robot com a Bailarina: Automatic Lover, com D.D.Jackson, sucesso nacional e Disco de Ouro em 78/79. Nos anos 80, Sonia Abreu criou a rádio móvel ‘Ondas Tropicais’, que fez muito sucesso. Ela montou um sistema de som dentro de uma Kombi e depois de um ônibus sofisticado, em que levava sua música a diferentes espaços urbanos, atraindo grande público e mídia.

O projeto inusitado chegou a ser realizado a bordo de um barco de 60 pés, ancorado nas mais agitadas praias do litoral paulista e carioca no verão de 1986. Entre 1980 e 1998, a DJ foi mais uma vez pioneira, introduzindo no rádio um programa de músicas mundiais, intitulado ‘Ondas Tropicais – A Música do Quarto Mundo’, que foi transmitido pela Brasil 2000FM e 89FM.

No início dos anos 90, fundou a ‘Banda do Quarto Mundo’, com 22 integrantes, gravando um CD e participando de programas de TV ao lado de estrelas nacionais e internacionais. Sucesso no Brasil, já tocou em discotecas da Inglaterra e Marrocos. Atualmente, com 62 anos, a recordista segue trabalhando como DJ em eventos e festas.

Outros trabalhos
Sonia Abreu também trabalhou na Som Livre, onde produziu as coletâneas ‘Papagaio Disco Club’ e ‘Excelsior – A Máquina do Som’. Ela ainda é responsável pela criação do programa ‘Ondas Tropicais – O Link da Música Mundial’, da Rádio UOL.

Fontes: Revista Isto É Independente, Revista TPM e site oficial de Sônia Abreu
Redação: Fátima Pires