Maior coleção de canetas promocionais

Com quase 100 mil itens, empresário paranaense Cláudio Petrycoski supera recorde nacional e entra para o RankBrasil

18/07/2013
20355 Acessos
Imprimir
Maior coleção de canetas promocionais
A coleção de canetas do empresário Claudio Petrycoski ocupou todo o chão do ginásio. - Divulgação: RankBrasil
O empresário de Pato Branco (PR), Cláudio Petrycoski possui a Maior coleção de canetas promocionais do país, com 95.256 itens diferentes.

Ele entra para o RankBrasil em 2013 pela superação do recorde de Silvio Rogério Heuer, que em 2009 conquistou o título brasileiro com a marca de 8.250.

Para a certificação, o fiscal Luciano Cadari esteve na cidade de Pato Branco, no dia 18 de julho. Com o objetivo de facilitar a contagem, as canetas foram organizadas na quadra do ginásio de esportes da Associação de Funcionários da Indústria Petrycoski (AFIP). O cálculo teve o acompanhamento do assessor Wagner Moraes, que é responsável pela catalogação dos objetos.

Após obter o recorde nacional, Petrycoski busca um sonho ainda maior. Ele pretende continuar a arrecadar os utensílios e espera que sua coleção se torne a maior do mundo. “Entrar para o RankBrasil é o primeiro passo para um dia ser recordista mundial”, acredita.

O desejo do paranaense é possível principalmente por contar com 20 colaboradores na busca de itens diferenciados. Segundo o colecionador, são amigos que recolhem canetas por onde passam, pensando nele: “Estas pessoas me ajudam, trazendo novos modelos”.

A coleção
Os objetos da coleção de Petrycoski ficam guardados em caixas de sapato, mas quando possível são expostos para visitação. “Comecei a colecionar há 40 anos e olhar para as canetas é muito legal, uma emoção”, revela. De acordo com ele, é difícil escolher a favorita ou especial. “Não existe uma que se sobressaia, muitas se destacam pela beleza e/ ou particularidade”, diz.

Com a finalidade de ampliar os números do recorde, o paranaense possui em seu veículo muitas repetidas, para efetuar trocas. “Estou sempre com os bolsos cheios e quando entro nos lugares, primeiramente procuro exemplares que ainda não tenho”, confessa. Conforme o recordista, em geral as pessoas aceitam a permuta sem problemas. “Mas tem aqueles que, por um apreço maior com o objeto, recusam-se a abrir mão”, completa.

Carros antigos
Apaixonado pela arte de colecionar, Petrycoski também é um colecionador de carros antigos. O empresário menciona que já possui 150 veículos, dos mais variados modelos.

Regras para superação
Para recordes relacionados a coleções, o RankBrasil avalia a quantidade e o cuidado com que os itens são preservados, considerando a organização e a facilidade de sua visualização. Outro requisito: os objetos contabilizados não podem ser repetidos.

Confira a galeria de imagens:

Recorde superado

nomen°. de canetascidadeano
Silvio Rogério Heuer8.250Pinhas (PR)2009




Redação: Fátima Pires

Algumas citações na mídia:
Diário Do Sudoeste