Facebook vai identificar doadores de órgãos

Rede social quer incentivar a doação entre os usuários para salvar vidas

01/05/2012 11:00:00
2094 Acessos
Imprimir
Facebook vai identificar doadores de órgãos
O Facebook, rede social mais utilizada no Brasil, agora vai identificar os internautas que são doadores de órgãos, através da linha do tempo e no perfil do usuário.

O anúncio foi feito pela empresa, na terça-feira (1°) e a opção já está disponível nos Estados Unidos. Quem é doador de órgãos já pode adicionar um novo evento, marcando o dia em que decidiu se tornar doador.

Diferente do que acontece no Brasil, nos EUA é preciso fazer um cadastro para que seus órgãos sejam doados após a morte. A intenção do Facebook é justamente incentivar o aumento do número de pessoas cadastradas.

A rede social também permite marcar o Estado norte-americano em que foi feito o registro e adicionar detalhes a respeito da decisão. O usuário pode determinar se a informação será visualizada por qualquer pessoa ou apenas por seus amigos.

Sobre a decisão, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, fez um comunicado oficial. “O que nos impressionou nos últimos oito anos foi como as pessoas usam essas ferramentas sociais para falar sobre questões e desafios importantes para suas comunidades”, destacou.

Ele acrescentou: “E acreditamos que, simplesmente dizer às pessoas que você é um doador de órgãos, o poder de compartilhar e de se conectar, pode desempenhar um papel importante”.

Usuários brasileiros ainda não são capazes de ver a nova ferramenta. Embora o serviço seja voltado ao público norte-americano, o Facebook não deixou claro se a nova opção estará disponível em outras partes do mundo.

Redação: Fátima Pires