Maior tapete em areia colorida

Com uma obra de arte medindo 25,70 m por 9,30 m, recorde pertence ao artista plástico Fabrício Santos, de Manhuaçu (MG)

18/12/2018
30580 Acessos
Imprimir
Maior tapete em areia colorida
Fabrício Santos supera o próprio recorde junto ao RankBrasil pelo Maior tapete em areia colorida / Foto:Pedro Henrique Gil Alcon Silva
Fabrício Santos, que é artista plástico de Manhuaçu (MG) supera o próprio recorde junto ao RankBrasil em 2018, de Maior tapete em areia colorida. Ele produziu uma obra medindo 25,70 m de comprimento por 9,30 m de largura, ocupando todo o pátio da Paróquia do Bom Pastor, de Manhuaçu (MG).

O projeto foi apresentado por Fabrício e aprovado pelos ministros da eucaristia da Comunidade Nossa Senhora Aparecida (Bairro Engenho da Serra) e da Comunidade Santa Terezinha (Bairro Santa Terezinha) e Imaculada Conceição (Coqueiro).
Segundo o artista, a ideia era fazer uma grande homenagem ao jubileu dos 25 anos da Paróquia do Bom Pastor: “Assim foi confeccionado um tapete de Jesus Bom Pastor carregando uma ovelha nos ombros e ao fundo um grande vale de ovelhas, com uma paisagem de pastagem com montanhas, lembrando as montanhas da nossa região do Pico da Bandeira”, conta.
Preparado para a tradicional festa de Corpus Christi, o desenho do tapete foi iniciado às 14h de 30 de maio e finalizado às 23h30 do mesmo dia. O trabalho final foi filmado e fotografado por um drone. Fabrício contou com a ajuda de 36 pessoas, entre membros de sua família, amigos e a equipe de ministro das comunidades que fazem parte da Paróquia do Bom Pastor.

Entre as dificuldades em fazer o tapete gigante, o artista enumera produzir o desenho de forma precisa; coordenar as equipes em relação à escolha de cores e tonalidades; superar as dores musculares por causa das posições necessárias para realizar a obra; e enfrentar o estrago da chuva do dia 30 que descoloriu parte do tapete, tendo que ser refeito na manhã do dia seguinte.

De acordo com o mineiro, apesar dos obstáculos a sensação de ver o trabalho finalizado foi única. Pela superação do recorde, ele diz que significa a valorização e reconhecimento de seu trabalho artístico no cenário nacional. “Desta vez podendo levar comigo minha família e um grupo de amigos apoiadores que colaboraram para colocar novamente o nome da nossa querida cidade de Manhuaçu no RankBrasil”, destaca.
Tapete gigante medindo 25,70 m por 9,30 m de largura ocupou todo o pátio da Paróquia do Bom Pastor. Obra apresentou o desenho de Jesus Bom Pastor carregando uma ovelha nos ombros / Foto: Pedro Henrique Gil Alcon Silva


Quantidade e coloração da areia
Para produzir o tapete gigante da Santa Ceia foi necessário um caminhão de areia. Conforme o recordista, a equipe utilizou latas de 18 litros para medida da areia e de acordo com a cor almejada, gastava-se em média de uma a duas caixas de xadrez em pó para colorir cada lata de areia.

O mineiro explica que primeiro a areia era coada em cima de um carrinho de mão e logo em seguida despejada no chão para a coloração. Após o evento, a areia foi recolhida pela equipe de ministros da eucaristia e reaproveitada em obras de construção.


Outros trabalhos
Fabrício é proprietário do Gotland Instituto Cultural de Educação e Artes de Manhuaçu, diretor municipal do Patrimônio Cultural de Manhuaçu e professor da Técnica de Graffite da Escola Estadual Maria de Lucca Pinto Coelho de Manhuaçu.

Ele também é recordista junto ao RankBrasil pela Maior imagem santa em tela de tecido e por ter sido o Primeiro brasileiro a pintar uma Via-Sacra Africana. O artista ainda participou da coordenação das pinturas em grafite do Estádio de Futebol Juscelino Kubitschek de Manhuaçu.