Maior quantidade de caricaturas entregue a celebridades

Ricardo Bello desenhou e entregou 280 trabalhos a personalidades nacionais e internacionais

27/11/2003
14777 Acessos
Imprimir
Maior quantidade de caricaturas entregue a celebridades
Ricardo Bello faz caricaturas de personalidades e entrega os trabalhos pessoalmente / Foto: Arquivo pessoal - Ricardo Bello
Ricardo Bello, mineiro de Belo Horizonte, conquista em 2003 o recorde de Maior quantidade de caricaturas entregue a celebridades. Até o momento, Bello já desenhou e entregou 280 caricaturas a celebridades nacionais e internacionais.

Seu dom já era visível desde criança. Ele começou homenageando um ídolo e devido à boa aceitação entre os artistas, não parou mais.

Nesta época, o recordista via muitas charges dos artistas de novelas. “Eu ficava fascinado com aquilo, queria aprender a fazer igual, assistia muitos desenhos animados e tinha vontade de desenhar os personagens. Fui tentando, tentando, até que um dia consegui”, comenta.

Formado nos cursos de Desenho Artístico e Figuras Humanas, vem divulgando seu trabalho desde 1994. A primeira personalidade que desenhou foi o humorista Tom Cavalcanti.

A maioria dos desenhos que fez entregou pessoalmente para os artistas, apesar de algumas dificuldades. Já passou por situações inusitadas, como quando foi entregar para Silvio Santos: foram oito tentativas seguidas.

O recordista fez de tudo para entregar a caricatura a Silvio Santos. Mesmo tendo uma namorada na época, inscreveu-se duas vezes para dançar no bailinho do programa ´Em Nome do Amor´, mas não foi selecionado. Mandou cartas para o Liminha, para o Roque e para o cabeleireiro Jassa, e tentou falar até mesmo com um diretor do Show do Milhão, mas não recebeu resposta de nenhum deles.

Numa outra tentativa, viajou para São Paulo para assistir o Domingo Legal no SBT. No final do programa, tentou entrar no estúdio da Casa dos Artistas, mas foi descoberto pelos seguranças e convidado a se retirar da emissora por um guarda armado.

Em 2002, finalmente o recordista conseguiu o que queria, quando foi fazer a cobertura do Teleton. A imprensa não tinha acesso ao estúdio onde o Silvio Santos estava, mas ele conheceu uma pessoa que estava com um dos convidados VIPS e o levou até o estúdio. No final do programa, Bello conseguiu entregar o desenho pessoalmente. "Apesar de tudo, o Silvio Santos foi muito simpático", conta.

Já para entregar a caricatura de Roberto Carlos, o recordista foi para o hotel às 3 horas da manhã e esperou 12 horas seguidas na portaria, sob os olhares de censura de uma recepcionista, que insistia em dizer que o cantor já havia deixado o hotel.

Bello não acreditou nela e permaneceu ali, pois alguns funcionários garantiram que o cantor ainda estava no local. No fim da tarde, ele conheceu um assessor direto do cantor, que o levou a seu encontro.

Para entregar os desenhos a atores de filme pornô da Buttman viajou para o Rio de Janeiro. O recordista foi ao local onde estavam gravando um filme pornô e no final das gravações, encontrou com o elenco norte-americano. Apesar de sua insistência, Ricardo ainda tem alguns desenhos que não conseguiu entregar.

Seu pai sempre foi o seu maior incentivador. Tudo começou quando o humorista Tom Cavalcanti foi se apresentar em BH. O recordista sempre foi fã dele e gravava as participações do artista nos programas de TV. Quando seu pai ficou sabendo do show, sugeriu a Ricardo que fizesse o desenho de Tom e levasse no teatro para o presentear.

"Entreguei o desenho ao Tom, que pareceu gostar do trabalho. Ele mostrou para um garçom que estava lá e disse que colocaria o trabalho em um quadro. Ali foi o começo de tudo: a partir deste dia, fui desenhando os artistas que eu admirava de alguma forma e os homenageando com meu trabalho”, conta.

Para desenhar, Bello usa de tudo um pouco, sempre experimentando novos materiais. Já usou até brinco e adesivo para decorar alguns desenhos. Entre os materiais que mais utiliza estão lápis de cor aquarelável, papel branco tamanho A3 e canetinhas de retroprojetor. Em média, o recordista gasta uma hora e trinta minutos para desenhar. O desenho em si é rápido, o que demora mais são os detalhes.

Algumas personalidades desenhadas
O presidente da República Luis Inácio Lula da Silva, Julio Iglesias, o rei Roberto Carlos, Caetano Veloso, padre Marcelo Rossi, Fernanda Montenegro, Ray Conniff, a banda Yes, Miguel Falabella, Jô Soares, Sandy & Junior, o ministro Gilberto Gil, Ivete Sangalo, Gugu Liberato, Reynaldo Gianecchini, Marília Gabriela, o mágico Mister M., Regina Duarte, Cauby Peixoto, José Saramago, Chico Buarque, Luis Fernando Veríssimo, Vera Fischer, Jair Rodrigues, Zé do Caixão, o cantor Daniel, Carla Perez, o diretor norte-americano de filmes eróticos John "Buttman" Stagliano, o técnico Luiz Felipe Scolari, Ana Paula Arósio, a dupla Zezé Di Camargo & Luciano, Ellen Rocche, Ratinho, Hebe Camargo, Fabio Jr, o governador de Minas Gerais Aécio Neves, Faustão e o apresentador Silvio Santos.


Redação: Aline F. Cardoso
Revisão: Fátima Pires