Mais jovem a trabalhar com carteira assinada

O mineiro de Belo Horizonte, Fernando Ribeiro Alvares, entra para o RankBrasil

03/12/2008
18609 Acessos
Imprimir
Mais jovem a trabalhar com carteira assinada
O RankBrasil homologou em 2008, a superação do recorde Mais jovem a trabalhar com carteira assinada no país.

O novo recordista é Fernando Ribeiro Alvares, que nasceu em Belo Horizonte – MG, em 16 de maio de 1966. Seu primeiro registro na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) foi feito em 1º de janeiro de 1978, quando tinha apenas 11 anos e sete meses de idade.

Aos oito anos, Fernando já contribuía com a renda familiar vendendo geleia de porta em porta e jornais no semáforo. Aos dez, ele era cobrador reserva de ônibus. "Comecei a trabalhar movido pelo desejo de ganhar meu próprio dinheiro e de ajudar minha família”, diz.

Quando tinha pouco mais de11 anos, o recordista teve sua primeira oportunidade de emprego fixo, por intermédio de um tio, que era gerente da farmácia Drogaria União, na capital mineira. Desta forma, Fernando conseguiu um emprego como auxiliar de serviços gerais.

Cinco meses após a contratação, o Ministério do Trabalho intensificou a fiscalização nas empresas para coibir as contratações sem registros. Para evitar uma multa, o proprietário da drogaria demitiu Fernando, com a promessa de readmissão assim que ele completasse 14 anos, idade mínima para a obtenção da CTPS.

Para conseguir a liberação da carteira de trabalho antes do prazo determinado pelo Estado, Fernando entrou em contato com autoridades responsáveis pelo Ministério do Trabalho, explicou sua situação para um sargento e um capitão, pois era época de Ditadura Militar. Mesmo assim, não teve sucesso.

Sua última chance foi tentar convencer um tenente-coronel: "Contei que contribuía com a renda da minha família e era importante para minha mãe e meus nove irmãos. Insisti, chorei, argumentei que meu caso necessitava um regime especial e ele acabou concordando em expedir minha carteira”, relata.

Atualmente, Fernando é um profissional autônomo que dirige sua própria empresa. Ele conta que começar a trabalhar cedo atrapalhou sua vida escolar, interrompida aos 17 anos, mas acredita que proibir o trabalho também não é a solução.

"Lugar de criança é na escola, mas existem jovens que deixam de estudar por opção. Para estes, o trabalho é uma forma de evitar que se ocupem de forma errada”, acredita.

Recorde anterior

RecordistaIdadeCidadeAno
Angelo Macedo 12 anos e nove meses Canelas –RS13/07/2007



Redação: Raquel Susin
Revisão: Fátima Pires