Maior participação de atletas mulheres em Olimpíadas

Nos Jogos Olímpicos do Rio, a delegação brasileira contou com 209 competidora de um total de 465 pessoas

9573 Acessos
Imprimir
Maior participação de atletas mulheres em Olimpíadas
O Brasil bateu alguns recordes nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (RJ), em 2016. Além da Maior delegação da história na competição e do Maior número de medalhas conquistadas, o país superou a marca de Maior participação de atletas mulheres em Olimpíadas, com 209 competidoras de um total de 465 pessoas.

Nesta edição, a equipe feminina conquistou cinco medalhas. O primeiro ouro veio com a judoca Rafaela Silva, na categoria peso leve. Também conquistaram o primeiro lugar as velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze, na classe 49er FX.

No vôlei de praia, Ágatha e Bárbara faturaram a prata. Através das mulheres, o país ainda ganhou duas medalhas de bronze, com a judoca Mayra Aguiar, na categoria meio-pesado, e com Poliana Okimoto, que chegou em quarto na maratona aquática, mas ficou com o terceiro lugar após a desclassificação de uma atleta da França.

Brasileiras na história das Olimpíadas
A primeira participação do Brasil em Jogos Olímpicos foi em Antuérpia, na Bélgica, em 1920. Após 12 anos, nos Jogos de Los Angeles, nos EUA (1932), o país teve a Primeira mulher a disputar uma prova na competição: a nadadora Maria Lenk.

Mais tarde, outras atletas representaram sozinhas as mulheres do país em diferentes Olimpíadas, enfrentando o preconceito no esporte: em Melbourne, na Austrália (1956), Mary Dalva Proença disputou a competição dos saltos ornamentais. No atletismo, Wanda dos Santos participou dos Jogos de Roma, na Itália (1960), e Aída dos Santos competiu em Tóquio, no Japão (1964).

A atuação do time feminino do Brasil nos Jogos Olímpicos aumentou a partir dos anos 80, com a presença da equipe de vôlei. O crescimento significativo aconteceu nos anos 90, com a classificação pela primeira vez para os Jogos, das equipes femininas de basquete e handebol.

Medalhas femininas
As atletas brasileiras ganharam ao todo 27 medalhas nas edições olímpicas. As primeiras foram conquistadas em Atlanta, nos EUA (1996), após 64 anos da participação inédita de uma mulher na competição. No vôlei de praia, o país obteve o primeiro ouro feminino com a dupla Jacqueline Silva e Sandra Pires, além da prata, com Adriana Samuel e Mônica Rodrigues. As brasileiras ainda conseguiram a prata no basquete e o bronze no vôlei de quadra.

Nos Jogos de Sydney, na Austrália (2000), o Brasil faturou quatro medalhas com as mulheres: no vôlei de praia, prata com Adriana Behar e Shelda Bede, e bronze com Adriana Samuel e Sandra Pires, e bronze no basquete e no vôlei de quadra.

Já nas Olimpíadas de Atenas, na Grécia (2004), foram somente duas medalhas femininas de prata: no vôlei de praia com Adriana Behar e Shelda Bede e no futebol. Em Pequim (2008), as atletas subiram ao pódio seis vezes: ouro no salto em distância com Maurren Maggi e no vôlei de quadra; prata no futebol; e bronze no judô com Ketleyn Quadros, na vela com Fernanda Oliveira e Isabel Swan, e no taekwondo com Natália Falavigna.

Em Londres (2012) também foram seis medalhas de mulheres. As douradas vieram com a judoca Sarah Menezes e com o vôlei de quadra, e as quatro medalhas de bronze com a judoca Mayra Aguiar, Juliana e Larissa no vôlei de praia, Adriana Araújo no boxe e Yane Marques no pentatlo moderno.


Atletas brasileiras nos Jogos Olímpicos
ano cidade país número de
mulheres
1932 Los Angeles EUA 1
1936 Berlim Alemanha 6
1948 Londres Inglaterra 11
1952 Helsinque Finlândia 8
1956 Melbourne Austrália 1
1960 Roma Itália 1
1964 Tóquio Japão 1
1968 Cidade do México México 3
1972 Munique Alemanha 5
1976 Montreal Canadá 7
1980 Moscou Rússia 15
1984 Los Angeles EUA 22
1988 Seul Coreia do Sul 35
1992 Barcelona Espanha 51
1996 Atlanta EUA 66
2000 Sydney Austrália 94
2004 Atenas Grécia 122
2008 Pequim China 133
2012 Londres Inglaterra 123
2016 Rio de Janeiro Brasil 209