Poupança cresce 252% e tem recorde histórico

Novas regras não assustam os brasileiros, que continuam utilizando o sistema bancário para poupar dinheiro

07/06/2012 10:30:00
2708 Acessos
Imprimir
Poupança cresce 252% e tem recorde histórico
Apesar das novas regras, que representam um ganho menor, a caderneta de poupança cresceu 252% em maio, em relação a abril, atingindo o melhor resultado para o mês da série histórica do Banco Central.

Com saldo de R$ 6,262 bilhões, a poupança teve a melhor captação líquida para o período, que significa mais depósitos do que saques. O valor obtido em maio também é o maior desde dezembro de 2010, quando foram R$ 6,359 bilhões.

A caderneta de poupança do Brasil teve no mês passado R$ 105,7 bilhões em depósitos e R$ 99,5 bilhões em saques. No total, o saldo é de R$ 441,7 bilhões, além do rendimento de maio, que foi R$ 2,138 bilhões.

Rentabilidade
As novas regras para rendimento da caderneta de poupança começaram a valer no dia 04 de maio. Antes disto, a rentabilidade anual era de 6,17%, acrescido da Taxa Referencial (TR), definida pelo Banco Central.

De acordo com as novas regras, quando a taxa básica de juros da economia (Selic) estiver igual ou inferior a 8,5% ao ano, o rendimento da poupança passa a ser o equivalente a apenas 70% da Selic, acrescido da TR. Acima deste valor, o rendimento volta a ser o antigo, de 0,50% ao mês, mais TR.


Redação: Fátima Pires