Primeiro a participar de meias maratonas em todos os estados do Brasil

Recorde pertence ao atleta de São José dos Campos (SP), Lucelio Vitorio Crosariol

27/04/2023
2934 Acessos
Imprimir
Primeiro a participar de meias maratonas em todos os estados do Brasil
Além de participar de 96 meias maratonas, recordista também tem no currículo 25 maratonas em vários estados brasileiros e também nos Estados Unidos, Espanha, Argentina, Chile, Portugal e Itália / Foto
O atleta de São José dos Campos (SP), Lucelio Vitorio Crosariol entra para o RankBrasil em 2023 por ser o Primeiro a participar de meias maratonas em todos os estados do Brasil. Até o momento, o recordista já completou 96 provas, que tem percurso de 21 quilômetros.
A primeira meia maratona que competiu aconteceu em 15 de abril de 2007, na cidade de São Paulo (SP). A última também foi realizada na capital paulista, em 5 de fevereiro deste ano.

Lucelio ainda tem no currículo 25 maratonas (corridas de 42 quilômetros), entre elas duas realizadas em Boston (Estados Unidos), além de provas em Barcelona (Espanha), Buenos Aires (Argentina), Santiago (Chile), Lisboa (Portugal), Veneza (Itália) e em diversos estados brasileiros.
Natural de Taubaté (SP), o atleta é atualmente major da reserva do Corpo de Bombeiros de São Paulo, onde trabalhou por aproximadamente 32 anos. Segundo ele, a ideia de correr meias maratonas em todos os estados surgiu em 2014, ao conhecer a atleta Selva Helena de Barros Cobra, que tinha o sonho de correr em todas as capitais do país.

“À época, para mim, viagens só se justificariam para provas mais longas, ou seja, no mínimo corridas com 21 quilômetros”, lembra. Ele comenta que o projeto de correr meias maratonas pelo Brasil só se concretizou em 2017, quando estas competições surgiram em todos os estados.

De acordo com Lucelio, as principais dificuldades para completar provas de 21 quilômetros estão relacionadas às exigências físicas e psicológicas. “Existe uma quase obrigatoriedade de se fazer também, além de treinos longos, bons trabalhos de fortalecimento muscular”, diz.

Entre as 96 corridas de meia maratona que participou, os melhores resultados do paulista vieram da Meia Maratona Caixa, no Rio de Janeiro (RJ) e da corrida Golden Four Asics, em São Paulo (SP), ambas em 2011, ocasiões em que ele completou as provas com menos de uma hora e quarenta minutos.

O atleta conta que também teve bons resultados em termos de classificação, com destaque para as vitórias na categoria, na Meia Maratona Rotary de Toledo (Paraná), e na EXTREME 21K, de Mazagão (AP).
Conforme o recordista, mesmo que o percurso das provas seja o mesmo, a diferença entre os estados é enorme. “O Brasil é muito maior e mais diversificado do que a nossa imaginação possa calcular”, destaca.

Ele explica que o clima, a altimetria, os locais das provas, mais que cobrar o que se treinou, é lição que se guarda. “É aprendizado trazido e somado. É ganhar experiência de saber que toda tentativa nos deixa perto do resultado”.

Lucelio afirma que a conquista deste recorde representa a valorização de um trabalho de anos de treinos, de quilômetros e quilômetros de viagens, de superações depois de uma trombose (em 2015) e de um infarto (em 2019). “Significa que Deus acreditou em mim. Significa que eu não deixei de acreditar Nele. Significa que a vitória demora, mas vem”.

Pelo recorde brasileiro, o atleta agradece em especial à sua amiga Selva Helena de Barros Cobra. “Agradeço por todo o incentivo, apoio, companhia e mesmo a participação em várias provas”, finaliza.