Maior Primata do Brasil

Recordista está entre os cinco macacos mais ameaçados de extinção do mundo

13/03/2008
19083 Acessos
Imprimir
Maior Primata do Brasil
O macaco muriqui (Brachyteles hypoxanthus) é o Maior primata do Brasil e das Américas. Um adulto da espécie pode chegar a medir 1,5m de altura, uma cauda de 1,5m e pesar 15kg.

Animal dócil e pacífico, possui pelos longos, macios e claros. Por sua face negra, contornada de branco, leva o apelido de mono-carvoeiro. Tem pernas e braços longos e finos, e sua cauda serve para agarrar troncos de árvores, utilizando-a para se balançar. Chega a dar saltos de até dez metros na copa das árvores.

O muriqui apresenta hábitos diurnos, alimentam-se de folhas, frutas e flores, e dormem boa parte do dia. É carismático, vive em pequenos grupos sem hierarquia ou violência e é carinhoso com seus companheiros.

Existem duas espécies: o muriqui-do-norte, que pode ser encontrado em Minas Gerais e Espírito Santo, e o muriqui-do-sul, em São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. O macaco do norte possui um polegar que o auxilia na locomoção e a cara com manchas esbranquiçadas. O do sul não apresenta este polegar e sua cara não possui manchas.

O animal era encontrado desde o sul da Bahia até o estado do Paraná, mas agora está na lista dos macacos mais ameaçados de extinção do mundo. No brasil, a população de 400 mil muriquis se transformou em dois mil.

Os principais motivos da diminuição dos muriquis no país foram a caça ilegal, o tráfico de animais e o desmatamento de seu habitat natural, a Mata Atlântica. Por isto, a importância de preservar a natureza e denunciar qualquer indício de maus-tratos ou tráfico de animais silvestres.

Redação: Raquel Susin
Revisão: Fátima Pires