Maior fita do Senhor do Bonfim

O recorde é do Hotel Breezes, do grupo SuperClubs, de Mata de São João - BA

12/01/2005
28787 Acessos
Imprimir
Maior fita do Senhor do Bonfim
Foto: Acervo RankBrasil
O Hotel Breezes, do grupo SuperClubs, na Costa do Sauípe, localizado no município Mata de São João - BA, entra para o RankBrasil pelo recorde de Maior fita do Senhor do Bonfim: são 286,5 m de comprimento e 50 kg.

Sua extensão foi capaz de dar um abraço em boa parte do principal complexo do hotel, onde está localizado o hall, restaurantes, bares e salas de entretenimento.

A ideia de produzir a fita veio do fato de que o Hotel Breezes sempre valorizou a cultura baiana e também busca mostrar inovação na forma de hospedar.

Com este objetivo, a equipe do hotel, nas áreas de marketing, relações públicas, entretenimento e infraestrutura, resolveu homenagear um dos ícones da cultura baiana, o Senhor do Bonfim, e desta forma, proporcionar uma belíssima festa para as mil pessoas presentes no hotel.

O recorde foi homologado no dia 12 de janeiro de 2005, com a presença do diretor do RankBrasil, Luciano Cadari.

Tradição do Senhor do Bonfim
A celebração religiosa ao Senhor do Bonfim acontece na segunda quinta-feira após o Dia de Reis (06/01). O ritual começa com a saída das baianas rumo à Igreja do Nosso Senhor do Bonfim.

Na escadaria da igreja, as baianas lavam o chão com água de cheiro e também molham os seguidores da procissão, que acreditam que a água limpa o corpo e a alma. A celebração reúne muitas pessoas, as ruas ficam totalmente lotadas de fiéis.

Origem das fitas
Diz a tradição que o uso das fitas de diversas cores, que atualmente são conhecidas por fitas do Senhor do Bonfim, está relacionado ao antigo costume de usar tiras de roupas de santos, para dar sorte ou proteção.

Com o passar dos tempos, tornou-se difícil encontrar roupas de santos, o que foi substituído pelas fitas coloridas que, ainda dentro da crença popular, devem ser atadas três vezes ao redor do pulso esquerdo e amarradas com três nós, os quais significam três pedidos.

Dentro do sincretismo religioso brasileiro, muito influenciado pelas religiões africanas, as cores das fitas correspondem às dos Orixás que, por sua vez estão relacionados aos anjos da guarda católicos.

Fonte: Hotel Inter-Continental

Redação: Karine Carvalho
Revisão: Fátima Pires