Brasil é 3° maior do mundo em número de usuários do Linkedln

País atinge 10 milhões de pessoas conectadas à rede social profissional, ficando atrás apenas dos EUA e Índia

17/10/2012
3298 Acessos
Imprimir
Brasil é 3° maior do mundo em número de usuários do Linkedln
O Brasil atingiu a marca de 10 milhões de usuários na rede social profissional LinkedIn, ocupando o terceiro lugar no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e Índia, e empatado com o Reino Unido.

Os dados foram divulgados na terça-feira (16), às vésperas do aniversário de um ano do início das operações oficiais da empresa no país. Em todo o mundo, já são 175 milhões de profissionais cadastrados.

Em 2010, o número de inscritos no Brasil era de ‘apenas’ um milhão. De acordo com o LinkedIn, a tradução do conteúdo do site para o português foi um dos fatores que ajudaram a impulsionar a quantidade de usuários, que usam a rede para construir uma identidade profissional.

A mídia social americana divulgou ainda o perfil dos brasileiros conectados no LinkedIn. As cidades com maior número de usuários são o Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo. Já as empresas com mais profissionais cadastrados são a Petrobras, o Banco do Brasil e o Itaú.

Em relação às instituições universitárias com maior número de representantes estão a Fundação Getúlio Vargas (FGV), Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Paulista (UNIP). As competências mais citadas pelos brasileiros são relacionadas ao software Microsoft Office, Power Point, Marketing, inglês e habilidades em negociação.

Curiosidades
Dos 10 milhões de usuários brasileiros no LinkedIn, quase dois mil se referem ao seu cargo como ‘DJ’ e em torno de mil fazem referência ao futebol em seu perfil. Além disto, o nome mais citado nos cadastros da rede social é Roberto.

Redação: Fátima Pires