Maior número de perguntas e respostas transcritas de programas de TV

Com um total de 50.088 questões, recorde pertence a Guilherme Costa Marques, de Paranaguá (PR)

03/08/2020
1077 Acessos
Imprimir
Maior número de perguntas e respostas transcritas de programas de TV
Guilherme Costa Marques bate recorde por transcrever 50.088 perguntas e respostas que foram apresentadas em programas de TV / Foto: Arquivo recordista
Guilherme Costa Marques, de Paranaguá (PR), entra para o RankBrasil em 2020 pelo recorde de Maior número de perguntas e respostas transcritas de programas de TV. Ele possui 50.088 questões que foram apresentadas em programas no Brasil e em Portugal. São cinco livros artesanais com cerca de 40 mil perguntas e respostas e em 2021 ele vai preparar mais dois volumes com o restante do acervo.

O recordista é um apaixonado por televisão desde muito novo, em especial aos quiz shows, os famosos programas de perguntas e respostas. “Minhas primeiras memórias remetem à trilha sonora do ‘Show do Milhão’, programa apresentado por Silvio Santos no SBT e que fez um enorme sucesso no começo dos anos 2000”, diz.

Segundo Guilherme, os programas de perguntas e respostas estão presentes na televisão brasileira desde 1955, ano em que a TV Tupi lançou ‘O Céu é o limite’. Ele explica que o bordão ‘Absolutamente certo’ foi popularizado pelo apresentador J. Silvestre na versão carioca do programa e era utilizado quando o participante respondia a questão abordada de maneira correta.

Conforme o recordista, em 2004 quando ele tinha cerca de 10 anos de idade, Xuxa apresentava na TV Globo seu programa matutino e havia um jogo de tabuleiro com as letras do seu nome, na qual ela brincava com as crianças. “Cada casa desse jogo havia uma atividade específica a ser realizada, e umas delas era o de perguntas e respostas”, lembra.

Guilherme comenta que a partir deste programa foi que despertou o interesse em brincar com seus amigos com este tipo de jogo. Como ele não possuía um banco de dados suficiente para dar andamento ao jogo, decidiu transcrever as perguntas dos programas de televisão. “Nunca brinquei com o jogo, mas transcrever as perguntas despertou ainda mais minha curiosidade em aprender”.

Ele lembra que para transcrever as perguntas era necessário ter boa audição e rapidez na escrita, já que muitas questões eram realizadas de maneira rápida. “Diferente dos dias atuais, não havia como revê-las”. A brincadeira se tornou hábito e o acervo do recordista aumenta a cada dia. “Gosto de acompanhar e transcrever até hoje: é o aprendizado e a avaliação dos meus conhecimentos gerais obtidos ao longo do tempo”, revela.

Com o avanço da tecnologia, Guilherme conseguiu acompanhar melhor os programas para anotar as perguntas. “Com o uso de um MP3 player, por exemplo, gravava o áudio e então transcrevia no papel. Depois com os programas disponibilizados na internet ficou bem mais fácil”, diz. A internet também proporcionou a ele conhecer novos formatos de quiz shows exibidos mundialmente. Em 2018 ele passou a acompanhar os concursos de Portugal, que fazem enorme sucesso nas terras lusitanas.

“Ao longo desses 16 anos pude acompanhar diversos programas nos seus mais diferentes formatos. Todas as informações eu catalogava de forma sistemática, separando-as por programas, datas e quantidades de perguntas realizadas”, conta. O recordista ainda cita os programas ‘The Wall’ e ‘Quem quer ser um Milionário’, exibidos pela TV Globo, que trouxeram tantas histórias que emocionaram os telespectadores, permitindo aos concorrentes chegarem mais próximos dos seus sonhos.

De acordo com Guilherme, o recorde junto ao RankBrasil permite prestar sua homenagem aos 70 anos da televisão brasileira, que será comemorado em setembro deste ano. “Os programas de perguntas e respostas fazem parte dessa história, revelando diversas personalidades ao longo do tempo”.

“Esse título também representa o reconhecimento pela dedicação e carinho que tenho ao acompanhar por tanto tempo esse gênero de programa, pois queria apresentar algo único e diferente. Essa atividade não irá parar por aqui, já que terei ainda muitos anos para acompanhar novos programas e quem sabe daqui a algum tempo, atualizo o meu próprio recorde”, finaliza.