Dança de salão com maior número de parceiras

O professor Anderson Fernandes bate recorde brasileiro ao dançar durante 16 horas ininterruptas com 358 mulheres

09/12/2017
2174 Acessos
Imprimir
Dança de salão com maior número de parceiras
Recordista dançou durante 16 horas ininterruptas com 358 mulheres, em uma média de dois minutos e meio com cada / Foto: RankBrasil
Anderson Fernandes, que é professor em Praia Grande (SP), entra para o RankBrasil em 2017 pelo recorde de Dança de salão com maior número de parceiras. Durante 16 horas ininterruptas ele dançou com 358 mulheres, em uma média de dois minutos e meio com cada.

O desafio aconteceu em 9 de dezembro, no Portinho Marina do Gaúcho (estabelecimento com restaurante e lugar para pesca). Os fiscais do RankBrasil, Elisangela Arruda e João Araujo acompanharam a prova e oficializaram a marca com entrega do troféu de recordista.

Elisangela destaca a força e a concentração do desafiante, além do carinho que demonstrou por cada parceira. “A maioria das mulheres dizia que não sabia dançar, mas sempre resultava em uma boa apresentação e todas ficaram felizes com o resultado”, lembra. Ela comenta ainda sobre uma das parceiras, que com 79 anos deu um show, mostrando que dança não tem idade.

De acordo com Anderson, que é formado em Educação Física e proprietário da academia de dança EDAF (Espaço de Dança Anderson Fernandes), o objetivo foi provar que todos podem aprender a dançar. “Com o desafio muitas mulheres subiram ao palco apenas com a intenção de me ajudar a conquistar o recorde e no fim se descobriram capazes”, revela.

A maior dificuldade, segundo o recordista, foi conseguir a quantidade de mulheres necessárias. Ele comenta que algumas frequentam a EDAF, mas a maioria é moradora de Praia Grande e cidades vizinhas como Santos, São Vicente e Mongaguá, além de pessoas de outras cidades que estavam passeando pelo local e aceitaram participar.

Para a prova, o professor se preparou com treino físico (musculação), treino mental para abordar diferentes pessoas, preparo alimentar e também baixou o valor das aulas particulares para dançar mais horas. Durante o desafio, tomou suco de limão, água e gatorade, e comeu nhoque, presunto, queijo, abacaxi e laranja.

Conforme Anderson, a conquista do recorde junto ao RankBrasil foi gratificante por testemunhar e atestar que sua ideia foi válida. “Todas as mulheres que subiram ao palco conseguiram dançar: esta era minha maior finalidade”, afirma.

O recordista diz ainda que a dança de salão é uma atividade física que traz benefícios para o corpo e para a mente. “Proporciona aos seus praticantes melhora da agilidade física, da coordenação motora, da postura, da autoestima, da memória, entre outros benefícios”.

EDAF
O Espaço de Dança Anderson Fernandes foi fundado há 18 anos e oferece a dança de salão em seus variados ritmos como forró, sertanejo, samba, zouk, samba rock, bolero, tango, salsa e outros que envolvem dançar entre duas pessoas