Primeira polícia a usar óculos de visão noturna

Grupamento Tático Aéreo, do Estado de Sergipe, começou a utilizar o equipamento em 19 de janeiro de 2013

31/01/2013
4736 Acessos
Imprimir
Primeira polícia a usar óculos de visão noturna
Com o NVG, os pilotos enxergam até cinco quilômetros em locais sem visibilidade - Imagem: Piloto Policial
A Primeira polícia do país a usar óculos de visão noturna, que entra para o RankBrasil, é o Grupamento Tático Aéreo (GTA), do Estado de Sergipe.

Conhecido como Night Vision Goggles (NVG), o equipamento foi fabricado nos Estados Unidos e começou a ser utilizado pelo grupo brasileiro em 19 de janeiro de 2013.

Com investimento de R$ 200 mil, os óculos especiais foram adquiridos pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), do governo estadual, em uma iniciativa inédita na polícia. Até então, no país, a tecnologia só era usada pelo Exército e pela Força Aérea Brasileira (FAB).

A moderna ferramenta é bastante eficiente para missões noturnas. O NVG permite que pilotos de helicópteros enxerguem até cinco quilômetros de distância em locais sem nenhuma visibilidade, o que aumenta a capacidade de alcance em uma operação.

Uma prova da eficiência do NVG é que um equipamento igual foi utilizado pelas Forças Armadas dos Estados Unidos, durante a prisão do terrorista Osama Bin Laden. Para o uso correto da ferramenta, o efetivo do GTA passou por um período de testes nos EUA de 30 dias, onde foram ministradas instruções teóricas e práticas sobre os óculos especiais.

Ganho de valor incontável para a preservação da vida humana, na polícia do Estado de Sergipe, os óculos vão servir principalmente para combater a criminalidade durante à noite, no monitoramento de grandes festas populares, além de buscas no mar, mata fechada e lugares desertos.



GTA de Sergipe
O Grupamento Tático Aéreo de Sergipe foi criado em 19 de maio de 2009 e integra as polícias militares, civis e bombeiros militares. Compete ao GTA o planejamento, comando, coordenação, fiscalização, manutenção e controle das operações aéreas no Estado.

O helicóptero do grupo trabalha em apoio às viaturas operacionais no policiamento ostensivo, defesa civil, resgate e salvamento no mar, combate a incêndios florestais e urbanos, transporte de órgãos vitais para transplantes, repressão ao narcotráfico, combate a assaltos, entre outras missões.


Fontes: G1 Sergipe e Polícia Militar do Estado do Sergipe
Redação: Fátima Pires