Maior percurso empinando de costas um quadriciclo motorizado

Com a marca de 41 metros e 39 centímetros em 14,02s, recorde é do piloto profissional de Wheeling, Halley de Amorim

28/08/2012
7293 Acessos
Imprimir
Maior percurso empinando de costas um quadriciclo motorizado
Piloto entra para o RankBrasil com um verdadeiro show de habilidades
O piloto profissional de Wheeling (acrobacias radicais sobre moto), Halley de Amorim, entra para o RankBrasil em 2012 após um verdadeiro show de habilidades.

Ele conquistou o recorde de Maior percurso empinando de costas um quadriciclo motorizado, atingindo a marca de 41 metros e 39 centímetros, em 14,02s.

O veículo utilizado foi um quadriciclo 150cc, da marca Shineray, que é patrocinadora oficial do atleta. A ausência das rodas dianteiras aumentou ainda mais a dificuldade de equilíbrio do piloto.

Aproximadamente mil pessoas acompanharam o desafio, realizado em 03 de março, durante o Recife Duas Rodas – Feira de Motos, Bikes e Acessórios, que aconteceu no Centro de Convenções de Pernambuco, na cidade de Olinda.

Natural de João Pessoa – PB, aos 13 anos o recordista já empinava e fazia manobras em cima de uma bicicleta. “Identifico-me com moto desde criança, mas só pude comprar uma moto com 18 anos”, lembra.

Entre as dificuldades da profissão, o recordista aponta, além da questão financeira, a falta de apoio dos familiares e amigos no início da carreira. “Desacreditados no esporte, eles diziam para eu arrumar outro tipo de trabalho”, conta.

Depois da superação de muitos obstáculos, Halley agora é recordista brasileiro. “É a realização de um sonho”, destaca. Ele comenta que sempre acompanhou o trabalho do RankBrasil: “É uma honra e motivo de muita emoção fazer parte desta família”.

Pelo título, Halley agradece à Shineray, em especial a Léo Toscano, que cuida das relações institucionais da empresa, e também à sua esposa Vanessa Pecorreli, que é responsável pela locução durante as apresentações do recordista.

Ainda em relação ao recorde nacional, ele deixa uma mensagem para que as pessoas acreditem que tudo na vida é possível. “Não existem barreiras para quem tem grandes sonhos e Deus nos traz a esperança”, destaca.

Outro recorde
Halley também é recordista brasileiro pelo Maior número de voltas empinando uma moto. Ele conquistou a marca de 19 voltas em 32,48 segundos.

Esporte e informação
Com 30 anos de idade e 12 de profissão, para o piloto recordista, o Wheeling não é apenas um esporte. Prova disto é que ele complementa seus shows de acrobacias com palestras contra as drogas, conscientização de trânsito e pilotagem consciente.

Pela importância social de seus shows, Halley de Amorim recebeu o troféu Humanidade 2009, entregue pela Associação Brasileira de Wheeling (Abrawheeling).

Projeto ‘Pilotos do Amanhã’
O recordista também desenvolve o projeto ‘Pilotos do Amanhã’, que tem por objetivo formar novos atletas de Wheeling. “Realizamos shows beneficentes em locais fechados para arrecadar alimentos que são entregues a famílias carentes”, comenta.

Títulos conquistados
Além de entrar para o RankBrasil, o recordista Halley de Amorim possui diversos títulos:
- Campeão Brasileiro de Wheeling Profissional 2010
- Piloto Revelação 2010, organizado pela Federação Brasileira de Wheeling/ Etapa Final Interlagos, em São Paulo – SP
- Campeão Nordestino de Wheeling 2011 – Etapa final em Cabedelo – PB
- Campeão Potiguar 2011, em Angicos – RN
- Campeão Baiano 2011, em Pojuca – BA
- Campeão da Copa Paulista Estilo Livre de Wheeling em 2011, organizada pela Confederação Brasileira dos Esportes Radicais (CBER), em São Bernardo do Campo – SP

Redação: Fátima Pires

Confira a galeria de imagens:

Veja como foi o desafio

Algumas citações na mídia:
BandRS
Cruzeiro do Vale
Jornal de Caruaru
Quanta Notícia
Revista Motoclubes
O Morador