Morre Wando, maior colecionador de calcinhas do Brasil

O cantor, que está no RankBrasil, teve uma parada cardiorrespiratória. Ele será velado a partir das 17h, no Cemitério Bosque da Esperança, em Belo Horizonte - MG. Os fãs poderão se despedir

08/02/2012 10:00:00
9599 Acessos
Imprimir
Morre Wando, maior colecionador de calcinhas do Brasil
O cantor Wando, que está no RankBrasil pela Maior coleção de calcinhas do país, morreu nesta quarta-feira (08), aos 66 anos de idade.

Ele estava internado desde o dia 27 de janeiro, no Biocor Instituto, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte – MG. Por volta das 8h, o cantor teve uma parada cardiorrespiratória.

De acordo com os médicos e familiares, a partir das 5h40, houve um súbito agravamento do quadro de saúde de Wando. Foram feitas manobras de ressuscitação, mas o paciente não resistiu.

Wando lutava contra o entupimento de artérias do coração, chegou a ser submetido a duas cirurgias e havia tido um infarto agudo dentro do hospital. Desde então, era mantido sedado, no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e respirava através de aparelhos.

Na terça-feira (07), ele apresentava quadro estável e melhora progressiva. Mesmo assim, o estado de Wando ainda era considerado de alto risco pelos médicos.

Velório e enterro
O cantor será velado a partir das 17h de hoje, no Cemitério Bosque da Esperança, em Belo Horizonte - MG. Os fãs podem participar para se despedir de Wando. O enterro vai acontecer no mesmo local, às 11 horas de quinta-feira (09).

Bilhete para os fãs
No domingo (05), Wando enviou um bilhete para os fãs, que foi apresentado no programa Fantástico, da TV Globo: “Eu estou na oficina de Deus arrumando a turbina. Me aguardem”.

Redação: Fátima