Professor que ensinou mais alunos a andarem de bicicleta

Recorde pertence a Toninho Toledo, de Juiz de Fora (MG), que já ajudou 477 pessoas a pedalarem

30/01/2018
1627 Acessos
Imprimir
Professor que ensinou mais alunos a andarem de bicicleta
Desde que criou a Bike School, o professor Toninho Toledo já ensinou 477 pessoas a andarem de bicicleta / Foto: Arquivo recordista
Através de uma ideia criativa, Antônio Carlos Pires Toledo, mais conhecido como Toninho Toledo, de Juiz de Fora (MG), entra para o RankBrasil em 2018 por ser o Professor que ensinou mais alunos a andarem de bicicleta. Desde que criou a Bike School em 2008, o mineiro já ajudou 477 pessoas a pedalarem.

A idade mínima para participar do projeto ‘Saindo das rodinhas’ é de quatro anos. Segundo o recordista, vários adultos passaram pela escola, na maioria do sexo feminino, sendo que a pessoa mais velha tinha 77 anos. “Muitas mulheres querem realizar o sonho de aprender a pedalar, porque de alguma forma não tiveram oportunidade na infância, ou não foram ensinadas de forma correta ocasionando traumas”, conta.

A Bike School também recebe alunos com necessidades especiais. O mineiro diz que já ensinou com sucesso pessoas com Síndrome de Down e com autismo a se equilibrarem sob duas rodas. “Atualmente tenho um aluno autista de cinco anos”.

Com o objetivo de garantir a segurança dos participantes, Toninho Toledo tem uma metodologia própria. Ele criou uma alavanca que vai presa na bicicleta, tornando possível para o professor segurar o veículo e assim manter o equilíbrio do aluno. Conforme o recordista, este método foi patenteado pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), sendo protegido por 20 anos.

O mineiro destaca que aprender a pedalar traz ao indivíduo a conquista do poder de si mesmo e é ótimo para a saúde: desenvolve a coordenação motora, o equilíbrio, a atenção e o condicionamento físico e mental. O professor fala ainda que a prática auxilia na percepção difusa, na vascularização cerebral, no raciocínio e no controle emocional. “É ótimo para emagrecer, portanto aumenta a autoestima e ainda faz crescer o círculo de amizades”, afirma.

De acordo com Toninho Toledo, o recorde junto ao RankBrasil significa uma grande honra e é uma satisfação ser reconhecido por uma empresa de tanto renome. “É a certeza que estou fazendo o bem, não importa a quem, porque realizar sonhos não tem preço. É a garantia que vou ser lembrado por entrar para a história do ciclismo no Brasil e talvez no mundo”, destaca.
Bike School é aberta para todas as idades, a partir dos quatro anos. Escola já recebeu uma aluna com 77 anos e também atende pessoas com necessidades especiais / Foto: Arquivo recordista

Vida de atleta e Bike School
O mineiro começou a andar de bicicleta com quatro anos de idade. Ele iniciou nas competições em 1980 no bicicross e em 1989 passou para o ciclismo e o mountain bike. “Também já fiz triatholn, duatholn, corrida de aventura, motocross, supercross, enduro e downhill”, conta.

Entre suas conquistas, foi campeão mineiro de bicicross, campeão mineiro de downhill, segundo colocado no ranking brasileiro de corrida de aventura, campeão de motocross da Copa Café Toco e quinto no Campeonato Mineiro de Supercross.

Conforme Toninho Toledo, a ideia de criar uma escola para ajudar as pessoas a pedalarem surgiu quando estava ensinando sua filha Maria Eduarda a andar de bicicleta, então com cinco anos. Três anos mais tarde, depois de mais de 30 anos competindo percebeu que precisava pensar em algo para o futuro.

Há 10 anos começavam as primeiras aulas na Bike School. Ele lembra que foi bastante criticado, inclusive por vários familiares, mas não desistiu e seguiu em frente. “Hoje estou feliz com meu trabalho, que proporciona saúde, bem-estar, longevidade, coordenação motora, lazer, competência, autocontrole, disciplina, coragem e técnicas de pilotagem”, finaliza.

Algumas citações na mídia:
Água Boa News
Poços em Dia
O Popular