Maior Carnaval do Brasil

Recorde é da festa de rua do Rio de Janeiro, que em 2013 atraiu mais de 5,3 milhões de foliões e reuniu 492 blocos

22/02/2013
21974 Acessos
Imprimir
Maior Carnaval do Brasil
Rio de Janeiro realiza o maior Carnaval do Brasil e do mundo - Imagem: Luiz Alvarenga/Extra/O Globo
O Rio de Janeiro, que entra para o RankBrasil, realiza o Maior Carnaval do país e também do mundo. Em 2013, a folia de rua atraiu um número recorde de pessoas: 5.364.740.

A festa também reuniu 492 blocos e inúmeras bandas. Do total de foliões, 1,21 milhão eram turistas, sendo 33% estrangeiros. O evento movimentou US$ 848 milhões na cidade, com uma taxa de ocupação hoteleira de 87,5%.

O balanço oficial do Carnaval de 2013 foi divulgado pela Prefeitura Municipal do Rio. De acordo com os dados, o bloco Cordão do Bola Preta teve o maior número de público, com 1,8 milhão de pessoas. Já o sambódromo atingiu 100% de lotação nos dias de competição entre as escolas.

Tradição
No Rio de Janeiro, assim como em todo o Brasil, a festa de Carnaval começa com a coroação do Rei Momo, que é apresentado com uma placa de prata e a entrega da ‘chave de ouro’ da cidade pelo prefeito.

Depois deste momento inicial, a folia acontece nas ruas e praças, bares e clubes da cidade, culminando no Desfile de Carnaval no Sambódromo da Sapucaí, com a apresentação das escolas de samba nos grupos especial e de acesso.

Samba e escolas
O samba, estilo predominante durante o Carnaval, é uma música originária da África e considerada uma das principais manifestações culturais populares brasileiras. Para o desfile no sambódromo, as escolas se preparam durante todo o ano. Elas devem escolher um tema, escrever música, fazer fantasias e construir carros alegóricos.

Vencedora de 2013
A Unidos da Vila Isabel foi a campeã do desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial de 2013 no Rio de Janeiro. Com o enredo ‘A Vila canta o Brasil, celeiro do mundo – Água no feijão que chegou mais um’, a agremiação conquistou 299,7 pontos como nota final. A Beija-Flor ficou em segundo lugar, seguida pela escola Unidos da Tijuca.

A festa no Brasil
Maior festa popular do Brasil, o Carnaval chegou ao país em meados do século 17, sob influência dos eventos carnavalescos que aconteciam na Europa. A partir desse período, foram criados os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os cortejos de automóveis, chamados corsos, mas só se popularizaram no começo do século 20, principalmente devido às marchinhas.

Trio elétrico
Foi em 1938, na Bahia, que surgiu a ideia do trio elétrico, quando Adolfo Nascimento, o ‘Dodô’, radiotécnico e músico, e Osmar Macedo, inventor e músico, conheceram-se tocando em uma rádio, ao lado de Dorival Caymmi, entre outros nomes já famosos da época.

Dodô, estudante de eletrônica, pesquisava uma forma de amplificar o som dos instrumentos de corda, o que só conseguiu em 1948, com o aperfeiçoamento do violão maciço, que eliminava a dissonância e a distorção, principais problemas dos violões elétricos conhecidos.

Assim foram criados os trios elétricos e mini trios, que saem ligados a blocos e cordões. São verdadeiros palcos instalados sobre grandes caminhões, com excelente capacidade de sonorização, luz, cores e efeitos especiais.


Fontes: Extra e Rio Carnaval
Redação: Fátima Pires