Mais jovem a conquistar medalha olímpica no individual

Judoca ganhou o bronze nos Jogos de Londres, um dia antes de completar 21 anos. Ela também foi a primeira mulher do país a liderar o ranking mundial do judô

08/08/2012
6624 Acessos
Imprimir
Mais jovem a conquistar medalha olímpica no individual
Mayra Aguiar é a atleta mais jovem a conquistar uma medalha individual para o país em todos os esportes, na história das Olimpíadas, e portanto agora está no RankBrasil.

Nos Jogos de Londres em 2012, a judoca ganhou o bronze um dia antes de completar 21 anos de idade. Esta é a primeira medalha olímpica do país na categoria meio pesado do judô (até 78kg).

No mesmo ano, ao vencer o Grand Slam de Paris, ela conquistou outro recorde no esporte nacional: foi a primeira atleta mulher do Brasil a liderar o ranking mundial do judô, elaborado pela Federação Internacional de Judô.

Ranking mundial até 78kg - FIJ (*)
lugar judoca país
1°. Mayra Aguiar Brasil
2°. Kayla Harrison EUA
3°. Audrey Tcheumeo França
4°. Akari Ogata Japão
5°. Lkhamdegd Purevjargal Mongólia
Bolsista do Ministério do Esporte desde 2009, Mayra nasceu em Porto Alegre – RS, em 03 de agosto de 1991. Na categoria média (até 70kg), com apenas 14 anos de idade, ganhou a medalha de bronze no Mundial Júnior, que aconteceu em 2006, na República Dominicana.

Aos 15 anos, a atleta do Clube Sogipa foi vice-campeã nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007. Ela estreou em Olimpíadas com 17 anos, em Pequim, no ano de 2008, mas foi eliminada na primeira fase da competição.

Ranking brasileiro até 78kg - FIJ (*)
lugar judoca lugar no
mundo
1°. Mayra Aguiar 1°.
2°. Samanta Soares 31°.
3°. Talita Morais 43°.

Ainda em 2008, sofreu lesões, precisou ser operada e permaneceu 10 meses afastada dos tatames. Quando voltou a lutar, subiu de categoria e passou a competir no meio pesado. No ano de 2010, Mayra conquistou a medalha de prata no Mundial do Japão.

Em 2011, foi campeã do Grand Slam do Rio de Janeiro e participou dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, mas perdeu a luta que a colocava na disputa pelo bronze. No ano de 2012, além da medalha olímpica e do Grand Slam de Paris, ganhou o World Masters.


* Dados obtidos em 03 de agosto de 2012
Fontes: Ministério do Esporte, O Globo, Folha UOL e Confederação Brasileira de Judô
Redação: Fátima Pires