Melhor universidade do Brasil

Ranking de grupo britânico levou em consideração os aspectos pesquisa, ensino, empregabilidade e internacionalização. Instituição brasileira também é a melhor da América Latina

13/06/2012 11:00:00
4933 Acessos
Imprimir
Melhor universidade do Brasil
Foto: Marcos Santos - USP Imagens
A Universidade de São Paulo (USP) é a melhor universidade do Brasil e da América Latina, de acordo com a Top Universities, uma das principais classificações universitárias do mundo.

O levantamento é do QS Quacquarelli Symonds, grupo britânico renomado internacionalmente, que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação.

Para estabelecer o ranking 2012 das universidades, a QS levou em consideração quatro principais aspectos: pesquisa, ensino, empregabilidade e internacionalização.

Dentro dos itens avaliados estão a reputação acadêmica, reputação com empregadores, média de artigos publicados por professor, citações por artigo, docentes com pós-doutorado (PhD) e impacto na internet.

A segunda melhor instituição de ensino superior do país é a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), seguida da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).



Melhores universidades do Brasil – QS 2012
posição instituição UF
1°. Universidade de São Paulo (USP) SP
2°. Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) SP
3°. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) RJ
4°. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) MG
5°. Universidade Federal do Rio Grande do Sul
(UFRGS)
RS
6°. Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) SP
7°. Universidade Estadual Paulista (Unesp) SP
8°. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
(PUC-Rio)
RJ
9°. Universidade de Brasília (UnB) DF
10°. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
(PUC-SP)
SP
Universidade recordista
A USP é uma universidade pública (gratuita), que foi criada em 1934, a partir de várias faculdades já existentes. Mantida pelo Estado de São Paulo, está ligada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia.

Atualmente, a instituição conta com campi espalhados em sete cidades: São Paulo, Bauru, Lorena, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto e São Carlos. Também possui unidades de ensino e centros de pesquisas localizados fora destes espaços e em diferentes municípios.


USP em números
A Universidade de São Paulo possui cerca de 90 mil alunos, aproximadamente 5,9 mil professores e oferece 246 cursos de graduação em todas as áreas do conhecimento. Anualmente, em média 11 mil novos alunos ingressam na USP, classificados entre mais de 130 mil candidatos.

A instituição também disponibiliza mais de 220 programas de pós-graduação, que atraem estudantes de diversos países do mundo e formam aproximadamente 2,3 mil doutores por ano. A realização de artigos científicos da universidade corresponde a 22% de tudo o que é produzido no Brasil.

Sua área territorial é de aproximadamente 76.314.50 m² e a edificada de cerca de 1.757.193 m². Com sistema integrado, a USP tem 44 bibliotecas instaladas em suas unidades de ensino, divididas nas áreas humanas, biológicas e exatas, com acervo de mais de oito milhões de itens.



Melhores universidades da América Latina – QS 2012
posição instituição país
1°. Universidade de São Paulo (USP) Brasil
2°. Pontifícia Universidad Católica de Chile Chile
3°. Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Brasil
4°. Universidad de Chile Chile
5°. Universidad Nacional Autónoma de México
(UNAM)
México
6°. Universidad de Los Andes Colombia Colômbia
7°. Instituto Tecnológico de Monterrey (Itesm) México
8°. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Brasil
9°. Universidad de Concepción Chile
10°. Universidad de Santiago de Chile Chile

Extensão universitária
A USP mantém quatro hospitais, disponibilizando uma série de serviços na área da saúde, tanto para a comunidade da instituição quanto para o público externo. A Universidade ainda administra um hospital veterinário, diversos museus, além de outros projetos, como orquestra sinfônica, coral, cinema, teatro e centro de práticas esportivas.

Personalidades da USP
Diversas personalidades estudaram na Universidade de São Paulo, como o apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, o apresentador do Caldeirão do Huck, Luciano Huck, o ex-jogador de futebol Sócrates, a atriz Lilia Cabral, e vários presidentes da República, entre eles, Prudente de Morais, Jânio Quadros e Fernando Henrique Cardoso.

Ranking na América Latina
No levantamento da QS, a USP está no topo da lista de 250 melhores universidades da América Latina. O Brasil é o país que tem o maior número de instituições listadas, com 65. Depois aparece o México (46), seguido da Colômbia (34) e Chile (30). Veja aqui o ranking completo.

Outros rankings
A USP aparece em outros rankings mundiais criados para medir a qualidade das universidades a partir de diferentes critérios, principalmente os relacionados à produtividade científica. Um deles é o World Reputation Ranking de 2012 (Ranking Mundial de Reputação), em que a Universidade de São Paulo aparece entre as 100 melhores do mundo.

    Quantitativos para o recorde
  • Pesquisa
  • Ensino
  • Empregabilidade
  • Internacionalização


Fontes: USP e QS Quacquarelli Symonds
Redação: Fátima Pires