Mais rápida formação em doutorado de Matemática

Recorde é de Diego Marques Ferreira, natural de Fortaleza - CE

20/10/2009
32587 Acessos
Imprimir
Mais rápida formação em doutorado de Matemática
Arquivo pessoal - Diego Marques Ferreira
Diego Marques Ferreira entra para o RankBrasil em 2009, pela Mais rápida formação em doutorado de Matemática.

Em apenas quatro anos, quatro meses e quatro dias, ele finalizou os programas de graduação, mestrado e doutorado, enquanto o tempo normal seria dez anos.

Natural de Fortaleza - CE, o recordista nasceu em 24 de dezembro de 1983 e sempre demonstrou muita facilidade em aprender. Aos três anos já sabia somar e aos cinco aprendeu a ler. Ele concluiu o segundo grau com 16 anos, mas decidiu ingressar na faculdade apenas com 18, quando iniciou o bacharelado em Matemática, na Universidade Federal do Ceará (UFC).

Após apresentar ótimo desempenho no segundo semestre da graduação, o recordista foi aceito para cursar o mestrado, simultaneamente, na mesma instituição, concluindo os dois cursos em quatro anos.

No ano de 2008, Diego participou do Arizona Winter School e orientado por renomados matemáticos trabalhou com o tema que mais tarde seria sua tese de doutorado. Em 2009 já tinha mais de dez artigos científicos em Matemática, quatro deles publicados em periódicos internacionais.

Em março do mesmo ano, o recordista foi aceito para cursar doutorado na Universidade de Brasília (UnB), na modalidade Defesa Direta de Tese, que inclui apenas casos excepcionais. Ele defendeu sua tese em 25 de junho de 2009 e concluiu o curso no tempo recorde de três meses e nove dias, quando o normal seria quatro anos.

Aluno exemplar
Diego sempre foi um aluno exemplar, atingindo as melhores notas em todo o segundo grau, graduação, mestrado e doutorado. Recentemente foi aprovado em primeiro lugar em um concurso para professor na Universidade de Brasília e está esperando para tomar posse de seu novo cargo.

“Desejo continuar minha pesquisa, que é em grande parte, sobre teoria dos números transcendentes e em um futuro próximo colocar o Brasil entre as potências nessa área”, declara o recordista.


Redação: Raquel Susin
Revisão: Fátima Pires