Maior enciclopédia religiosa manuscrita

O recorde é do pastor Flaudízio Belo Calazans, após escrever com suas próprias mãos 1.180 páginas

01/03/2010
6476 Acessos
Imprimir
Maior enciclopédia religiosa manuscrita
Foto: Arquivo pessoal - Flaudízio Belo Calazans
O pastor da Primeira Igreja Batista do bairro de Areia Branca cidade de Belford Roxo - RJ, Flaudízio Belo Calazans, entra para o RankBrasil. Ele escreveu com suas próprias mãos 1.180 páginas, linha por linha.

Para concretizar a obra literária ´Os Patriarcas´, do livro de Gênesis, que resultou na Maior enciclopédia religiosa manuscrita do Brasil, foram aproximadamente 75 dias, com uma dedicação de dez horas diárias, utilizando uma média de três canetas por dia.

Com o trabalho, Flaudízio preencheu uma lacuna deixada na literatura evangélica. O livro lembra a importância desses homens peregrinos de Deus, que não tiveram destaques com a abrangência que deveriam ter nas obras literárias, uma vez que através deles teve origem os judeus, ou Israel, povo de Deus.

Para o aprofundamento na história de Abraão Isaque e Jacó foram utilizadas as escrituras sagradas e várias obras confiáveis pelo embasamento teológico, convicção doutrinária e para uma melhor análise comparativa.

O recordista também usou livros com argumentos contraditórios, que ajudou a solidificar a fidelização que a Bíblia tem a razão.

Em ´Os Patriarcas´ é possível conhecer a saga do arranjo divino, desde a chamada de Abraão até a partida de Jacó, ligando com o ministério de Jesus, uma história emocionante, cativante e impactante.

A obra revela a existência de uma matemática celestial na peregrinação dos Patriarcas, que tem tudo a ver com a nossa jornada como filhos de Deus.


Redação: RankBrasil
Revisão: Fátima Pires