Venda de tablets mais que triplica no Brasil em 2012

No ano passado foram vendidos 3,1 milhões do produto no país. Apesar do alto número, a comercialização de notebooks, em unidades, ainda é três vezes maior

06/02/2013
2844 Acessos
Imprimir
Venda de tablets mais que triplica no Brasil em 2012
Em 2012 foram vendidos no Brasil 3,1 milhões de tablets, um crescimento de 222% - Imagem: divulgação
A venda de tablets mais que triplicou no Brasil em 2012, atingindo 3,1 milhões de produtos, o que representa um crescimento de 222% em relação ao ano anterior.

Mesmo com o alto número, a comercialização de notebooks, em unidade, ainda é três vezes maior. Os dados são de uma pesquisa do IT Data – empresa especializada na análise de mercados relacionados à tecnologia.

De acordo com o levantamento, apesar do aparecimento de modelos com preços mais atrativos, tornando o produto mais acessível, houve um aumento nas vendas de todas as categorias de tablets, mostrando o grande interesse do consumidor.

Em 2011, o preço médio do aparelho ultrapassava R$ 1 mil. Já no quarto trimestre de 2012, aparelhos abaixo de R$ 500 representavam 56% das vendas. Mesmo assim, os tablets com faixa de preço superior a este valor também apresentaram alta nas vendas.

Para 2013, a previsão é de que a comercialização no país supere a marca de 5,1 milhões de unidades, ou seja, um aumento de 67%. Ainda de acordo com a IT Data, as pessoas que compram o aparelho já possuem um PC, ou seja, elas não vão substituir o computador, mas sim comprar outra opção de produto tecnológico para mais mobilidade.

No ambiente corporativo
A adoção de tablets ainda é pequena no ambiente corporativo. Conforme estudo realizado em 1.140 companhias, a proporção do dispositivo móvel em relação aos PCs é considerada baixa: para cada 100 computadores, havia apenas 1,1 tablet.


Redação: Fátima Pires