Colheitadeira com maior desempenho em soja do Brasil

Em oito horas consecutivas e com apenas uma máquina a New Holland conquista recorde pela colheita de 439.730 kg do grão, equivalente a 7.329 sacos

26/04/2017
7078 Acessos
Imprimir
Colheitadeira com maior desempenho em soja do Brasil
Em oito horas consecutivas, máquina da New Holland colheu 439.730 kg de soja, equivalente a 7.329 sacos / Foto: RankBrasil
Uma máquina com alta tecnologia aliada ao comprometimento de toda uma equipe garantiu à New Holland o recorde de Colheitadeira com maior desempenho em soja do Brasil, reconhecido pelo RankBrasil em 2017. Em oito horas consecutivas foram colhidos 439.730 kg do grão, equivalente a 7.329 sacos.

O desafio aconteceu em 5 de abril, das 10h30 às 18h30, na fazenda Irmãos Mingori, de Amarildo e Marciano Mingori (pai e filho), em Luís Eduardo Magalhães (BA), divisa com o Tocantins. A ação teve o suporte da Concessionária Jaraguá Bahia e contou com a presença do diretor-fundador do RankBrasil, Luciano Cadari, que acompanhou os trabalhos e oficializou o título brasileiro.

De acordo com o coordenador de Marketing de Colheitadeiras e Pulverizadores da New Holland, Carlos Schimidt, a ideia do recorde surgiu a partir de duas marcas mundiais da empresa junto ao Guinness World Records, conquistadas na Europa com colheitadeiras de trigo. “Pensamos em fazer algo parecido no Brasil dentro da cultura de soja e então buscamos o RankBrasil como um parceiro nacional”, explica.

A máquina utilizada, uma colheitadeira de grãos ‘CR 8.90’, foi produzida no país e está disponível no mercado. Schimidt afirma que se trata da maior colheitadeira fabricada pela New Holland no Brasil: de classe 8, tem plataforma de 45 pés, graneleiro de 14.500 litros, é equipada com espalhador dinâmico e possui sistema alto nivelante.

Uma das propostas para o desafio era utilizar um veículo que já estava em operação com um dos clientes da empresa, sem modificações. “Atingimos o objetivo de mostrar o potencial da colheitadeira em condições normais de trabalho, sem nenhum desempenho a mais do que seu limite e sem prejuízo, ou seja, sem perdas para o agricultor e sem comprometer a qualidade do grão”, diz.

Segundo o coordenador de Marketing, as condições do clima atrasaram a realização do recorde. “Nesta época do ano deveria ter bastante sol na Bahia, porém com a mudança climática inesperada a equipe envolvida sofreu com as chuvas e o projeto demorou oito dias para se concretizar a partir da data prevista”.

Do time da Concessionária atuaram na ação Amauri Zaleski, Carlito Vanderlei Winter, Claudinei Tubiana (Kiko), Armindo Oliveira da Silva, Marcelo Queiroz Martins, Fabio Queiroz Martins e Charles Otto Greef – que operou e regulou a máquina.

Conforme Schimidt, Charles foi o grande destaque do time. “Além de passar oito horas consecutivas na colheitadeira, ele fez toda a afinação do veículo, conseguindo ajustá-lo para um ótimo aproveitamento”, conta. “Ele é um verdadeiro talento como conhecedor da máquina, lembrando que não foram feitas alterações, apenas configurações básicas para utilizar todo seu potencial”.

Desafio aconteceu com colheitadeira que já estava em operação, sem modificações, mostrando o potencial da máquina em condições normais de trabalho / Foto: RankBrasil

Da equipe da fábrica da New Holland, além de Schimidt estiveram envolvidos no projeto Luiz Antônio Manfroi Miotto e Cristiano Conti. O coordenador de Marketing afirma que a conquista do recorde foi possível não somente pelo clima relativamente ideal e a qualidade da máquina, mas também pelo engajamento de todos os envolvidos, buscando sempre fazer o melhor.

“O título comprova que esta colheitadeira da New Holland é a máquina com o maior desempenho no mercado brasileiro. Além de ser um veículo com excelente custo-benefício, mesmo sem modificação tem um altíssimo rendimento”, afirma.

Para o diretor-fundador do RankBrasil, que acompanhou o desafio, a ação teve uma impecável organização. “Foi um trabalho gigantesco que exigiu planejamento e seriedade. Interessante notar o envolvimento de todos os participantes, com destaque para o apoio da concessionária local, e a colaboração dos fazendeiros”.

New Holland
A New Holland possui mais de 120 anos de história. Surgiu como marca em 1895, nos EUA, tendo início como pequena empresa na cidade de New Holland, na Pensilvânia. Atualmente sua principal sede é na Itália – por pertencer ao grupo Fiat – mas tem fábricas e centros de desenvolvimento no mundo inteiro. No Brasil chegou em 1975, já como multinacional. Hoje são 220 lojas no país.

É líder em tecnologia na agricultura, especialmente porque usa um conceito de colheitadeira diferente das demais apresentadas no mercado. “Somos a única empresa a oferecer colheitadeiras que trabalham com debulha por cilindro – máquinas menores para condições mais difíceis”, afirma Schimidt. Conforme ele, a empresa também é a única que trabalha com sistema de duplo rotor axial. “Importante destacar que a primeira máquina com sistema axial do mundo foi produzida pela New Holland, em 1975”, finaliza.

Confira o vídeo:


Confira a galeria de imagens:
Colheitadeira com maior desempenho em soja do Brasil

Algumas citações na mídia:
Cultivar
Ioeste
Blog do Caminhoneiro
Cnh Press
Blog do Chaguinhas