Melhor resultado do Brasil em duelo de robôs

Com nove medalhas de ouro e cinco de prata, país é 4º colocado na RoboGames 2013

09/10/2013
4120 Acessos
Imprimir
Melhor resultado do Brasil em duelo de robôs
Divulgação: RioBotz
Os brasileiros foram destaque na Olimpíada de Robôs deste ano. Após conquistas inéditas, faturaram o quarto lugar na disputa. Ao todo, foram nove medalhas de ouro e cinco de prata em modalidades diferentes. O país ficou atrás apenas dos Estados Unidos, México e Coréia do Sul e superou favoritos como Japão e França.

Sediada em San Mateo, na Califórnia, a competição de três dias é um dos principais eventos de robótica do mundo. Foram 70 categorias disputadas por mais de 200 equipes de 16 países no primeiro semestre.

O objetivo dos duelos é desenvolver e aplicar conhecimentos em engenharia mecânica, computação e elétrica para criar robôs gladiadores controlados por controle remoto ou internet. Além das lutas, existem outras modalidades como futebol e apresentações artísticas.

Vencedores

Conhecido como Psy Volt, o robô da equipe RioBotz da PUC-Rio foi o destaque na categoria FreeStyle de humanoides. Estreante, misturou samba e alguns hits populares como Gangnam Style na apresentação. O grupo levou para casa seis ouros e uma prata. Venceu também pelos projetos: Touro, BEAN, Apollo, Sumô Rádio Controlado e Spider Vol.

Estudantes do Colégio Cândido Portinari, de Salvador, venceram no Futebol Lego. Com uma seleção formada por Neymar, Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo e Pelé, alcançaram o título. A CIC Robotics é formada por competidores que têm entre 15 e 18 anos.

Os medalhistas da Universidade Federal de Itajubá, de Minas Gerais foram premiados com o Federal M.T. Outra medalha dourada foi conquistada por alunos do Instituto Mauá de Tecnologia, de São Paulo. No Sumô Lego, o robô Chuck Norris, que coleciona cinco campeonatos nacionais foi vitorioso mais uma vez. O time levou também uma prata pelo projeto Joninhas.

Redação: RankBrasil