Primeira atração turística a receber o rótulo ecológico da ABNT

Bondinho do Pão de Açúcar conquista certificação inédita da Associação Brasileira de Normas Técnicas

12/11/2012
4161 Acessos
Imprimir
Primeira atração turística a receber o rótulo ecológico da ABNT
Foto: Acervo Cia. Caminho Aéreo Pão de Açúcar
O Bondinho do Pão de Açúcar, que completou 100 anos de existência em 2012, entra para o RankBrasil por ser a primeira atração turística do país a receber o rótulo ecológico da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

A certificação inédita foi entregue em 07 de novembro à Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar, que administra o bondinho, durante jantar do Global Ecolabelling Network (GEN).

Entidade internacional que engloba os principais organismos de rotulagem ambiental do mundo, a GEN conta com a participação de mais de 60 países. Por meio da ABNT, o Brasil é o único país da América do Sul membro da Global Ecolabelling.

A conquista do Bondinho envolveu um trabalho de conscientização ambiental nas empresas que oferecem serviços no local. Esta ação resultou na redução do consumo de energia e de água, descarte de dejetos de forma sustentável e lançamento de matéria orgânica sem contaminação do meio ambiente, além da preservação da fauna e flora.

Rotulagem ambiental da ABNT
A rotulagem ambiental entregue pela ABNT é dirigida às empresas que apresentam um diferencial perante seus concorrentes. Já são cerca de 150 produtos rotulados ambientalmente pela Associação, representando em torno de 30 organizações nacionais e estrangeiras, com fábrica ou escritório no Brasil.

Para cada tipo de produto ambiental certificado é criado um procedimento específico pela ABNT e por um grupo de trabalho técnico, atendendo também às normas internacionais ISO 14.020 e ISO 14.024, que tratam da rotulagem ecológica no mundo.

Centenário do Bondinho
Uma das principais paisagens do Rio de Janeiro, o Bondinho do Pão de Açúcar já transportou mais de 40 milhões de pessoas ao logo de seu centenário, mantendo-se como uma das principais referências turísticas da cidade.

O Bondinho tem capacidade para transportar até 65 pessoas por viagem, em um percurso que leva em torno de três minutos em cada trecho. Na alta temporada, chega a levar uma média de seis mil passageiros por dia. O recorde de movimentação histórica aconteceu em 02 de janeiro de 2010, com 9.849 pessoas.

Projeto
O teleférico foi idealizado pelo engenheiro Augusto Ferreira Ramos, teve as obras iniciadas em 1910 e a inauguração em 27 de outubro de 1912. Quase ninguém acreditava na viabilidade do projeto e o engenheiro foi visto como um autêntico lunático.

O projeto consumiu quatro toneladas de materiais e os equipamentos do sistemas foram importados da Alemanha. O primeiro modelo, feito de madeira, lembrava um dos bondes que circulavam pela cidade e daí surgiu o apelido ‘bondinho’.

No início dos anos 70, o bonde passou pelo primeiro projeto de modernização, com instalação de outras estações e aquisição de novos veículos. Em 1972, foram trocados por modelos ainda mais novos, mais amplos e totalmente transparentes, permitindo que o usuário enxergasse o lado de fora de qualquer ponto do teleférico. Com algumas adequações, esses modelos permanecem em uso até hoje.


Fontes: Jornal do Brasil, Agência Brasil, Portal Terra e site oficial Bondinho
Redação: Fátima Pires