Intérprete musical com maior participação em CDs

Anuacy Fontes é o novo recordista do RankBrasil, pelos critérios de quantidade e tempo

14/12/2010
6721 Acessos
Imprimir
Intérprete musical com maior participação em CDs
Foto: Arquivo pessoal - Anuacy Fontes
O músico, arranjador, produtor musical e intérprete há quase 25 anos, Anuacy Fontes, entrou para o RankBrasil, em 2010, pela participação em seis CDs normais e em dois instrumentais, totalizando 84 músicas, gravadas no período de 222 dias. Todas as canções são do mesmo compositor: Adilson Pontes Cordeiro.

Natural de São Luis - MA, Anuacy participou, tocando e cantando, dos CDs ´Apaixonado´, ´Uma Prece´, ´Natureza Viva´, ´Álbum de Fotografias´, ´A misericórdia de Deus´ e ´A Alma na Viola´. Os instrumentais foram ´Na ponta dos dedos´ (jazz) e ´Viva você´.

Para o recordista, participar deste projeto foi muito interessante. “Fui desafiado a criar e elaborar arranjos diversos em tempo e forma ininterruptos”, diz. “Pude conhecer um pouco do compositor através de suas canções, dar sonoridade às poesias, que revelavam um pouco das experiências de vida dele e também dos personagens criados”, completa.

Anuacy conta que, um trabalho desta natureza, não pode ser realizado sem cumplicidade artística de todos os envolvidos. “Percebi como é desafiador e compensador vestir de sonoridades múltiplas os personagens e sentimentos revelados em cada peça musical”, destaca.

Segundo ele, cada uma destas peças tem um caráter próprio, assumindo assim uma identidade poética: “Cada música arranjada, gravada, interpretada, tem um significado particular, que pode ser nostalgia, saudade, saudosismo, encorajamento, reflexão, entre outros”.

O trabalho também trouxe para o recordista a oportunidade de caminhar em universos paralelos. “Experimentar poeticamente situações de outra pessoa é simplesmente mais do que experimentar um cenário. É se deixar fazer parte de um elenco, onde a força interpretativa que estas canções sugerem, faz-me vivenciar momentos de pura verossimilidade e licença poética”, revela.

Entrar para o Livro dos Recordes é, para Anuacy, a efetivação de um projeto que começa a ter notoriedade, não somente por seu poder quantitativo, mas por sua qualidade de conteúdo. “Sinto-me muito bem em estar envolvido neste projeto. Com a qualificação do RankBrasil, toda obra atinge um patamar especial e fazer parte de tudo isto é simplesmente incrível e muito recompensador”, afirma o recordista.

Agradecimentos
Pelo sucesso do projeto, Anuacy agradece a Deus, “por ter me doado a sensibilidade de ver além das letras do poema, de sentir sons que saltam das poesias sem nem mesmo serem tocados”.

Ele também agradece ao compositor Adilson Cordeiro, “que confiou aos meus cuidados a construção de parte de sua obra”, aos músicos, “que de uma forma ou de outra se envolveram neste trabalho, doando sem reservas seus talentos”, e ao Estúdio ZRG, também pela confiança, disponibilizando suas instalações técnicas para a realização da obra.


Redação: Fátima Pires