Primeira mulher eleita prefeita no Brasil

Recordista venceu a disputa pelo cargo municipal de Lajes, no Rio Grande do Norte, em 1928

24/11/2012
8764 Acessos
Imprimir
Primeira mulher eleita prefeita no Brasil
Recordista foi empossada prefeita em janeiro de 1929 - Imagem: divulgação
Luiza Alzira Soriano Teixeira, que entra para o RankBrasil, foi a primeira mulher eleita prefeita no país. Ela venceu a disputa pelo cargo executivo de Lajes – RN, em 1928, quando as mulheres nem sequer podiam votar.

A recordista conquistou 60% dos votos e em 1° de janeiro de 1929 foi empossada prefeita. Na época, de acordo com notícia publicada pelo jornal americano ‘The New York Times’, Alzira também foi a primeira mulher da América Latina a assumir o governo de uma cidade.

A prefeita ficou apenas um ano no cargo, pelo então Partido Republicano. Em 1930, descontente com a eleição de Getúlio Vargas para a presidência do Brasil, ela deixou a função. Dois anos depois, em 1932, as mulheres conquistaram o direito de votar no país.

Alzira nasceu em Jardim de Angicos – RN, em 29 de abril de 1897. Com a redemocratização em 1945, ela voltou à vida pública como vereadora em sua cidade natal, sendo eleita por três vezes e liderando a União Democrática Nacional. A recordista morreu no dia 28 de maio de 1963, aos 66 anos de idade.



Preconceito
Na época em que se candidatou, a prefeita passou por preconceitos e diversos tipos de insultos. De acordo com o livro ‘Dicionário das Mulheres do Brasil’, ela ouviu ser prostituta quem entrava na política, pois mulher de família não poderia ser votada.

Administração
A administração da primeira prefeita do Brasil foi tida como competente e íntegra, resultando em construções de novas estradas: uma delas é a ligação entre Cachoeira do Sapo – RN e Jardim de Angicos. Ela também fez escolas e cuidou da iluminação pública a motor.


Fontes: G1 Política, TSE, Wikipédia e Prefeitura de Lajes
Redação: Fátima Pires