Guga é o primeiro tenista brasileiro a entrar para o Hall da Fama

O atleta é considerado o maior jogador de tênis da história do Brasil e foi o número 1 do mundo entre os anos de 2000 e 2001

06/03/2012 09:30:00
9536 Acessos
Imprimir
Guga é o primeiro tenista brasileiro a entrar para o Hall da Fama
Gustavo Kuerten, conhecido como Guga, é o primeiro tenista masculino do Brasil a entrar para o Hall da Fama. O anúncio foi feito na segunda-feira (05), pelo International Hall of Fame & Museum.

A indicação aconteceu em setembro do ano passado e o tenista alcançou 75% dos votos necessários da imprensa internacional. A cerimônia de seu ingresso na associação está marcada para 17 de julho, em Newport, nos Estados Unidos.

O atleta brasileiro foi o número 1 do mundo entre os anos de 2000 e 2001. Entre os requisitos para entrar no Hall da Fama, além de ótimos resultados esportivos, estão fatores como integridade, esportividade e caráter.

Desde 1955, o Hall da Fama homenageou 220 personalidades do tênis de 19 países. No feminino, a ex-tenista brasileira Maria Esther Bueno, tricampeã em Wimbledon, tem lugar marcado desde 1978.

O atleta
Guga nasceu em Florianópolis, em 10 de setembro de 1976 e é considerado o maior tenista da história do Brasil, com o maior número de títulos para o país.

No total, ele possui 20 títulos de simples e oito de duplas. Entre as principais conquistas está o tricampeonato de Roland Garros, nos anos de 1997, 2000 e 2001.

Guga obteve títulos em 13 diferentes países. Foi eleito o melhor atleta do Brasil em 1999, 2000 e 2001. Ele se aposentou em 2008, mas deixou sua marca no esporte.

Fundação Guga Kuerten
Em 2000, Guga fundou o Instituto Guga Kuerten, associação filantrópica que atua no trabalho com pessoas com deficiência e tem o esporte como ferramenta para inclusão social. O trabalho já beneficiou mais de 32 mil pessoas no Estado de Santa Catarina.

Redação: Fátima Pires