Mais jovem lutador a vencer na história do UFC

Vitor Belfort conquistou sua primeira vitória aos 19 anos de idade, ficando conhecido como ‘The Phenom’, que em português significa ‘O Fenômeno’

23/02/2013
6133 Acessos
Imprimir
Mais jovem lutador a vencer na história do UFC
Vitor Belfort conquistou sua primeira vitória com apenas 19 anos - Imagem: divulgação UFC
O carioca Vitor Belfort entra para o RankBrasil em 2013 por ser o Mais jovem lutador a vencer na história do UFC, conquistando sua primeira vitória com apenas 19 anos de idade.

Ele nasceu em 1° de abril de 1977, no Rio de Janeiro. Aos oito anos já fazia judô e aos 17 obteve outro título destaque em sua carreira: o de mais jovem lutador de Jiu-Jitsu brasileiro a receber a faixa preta nesta arte marcial.

Dois anos depois, o recordista foi competir em seu primeiro torneio de MMA, o SuperBrawl 2, no Havaí. Ao vencer um adversário em 12 segundos por nocaute, Belfort ganhou atenção dentro da organização e em apenas quatro meses de sua estreia, mudou-se para os Estados Unidos, com o objetivo de competir no UFC.

O lutador venceu suas lutas de estreia e acabou conquistando o título do UFC 12, na categoria peso pesado, quando entrou para a história do esporte. O início arrasador na competição rendeu a Belfort o apelido de ‘The Phenom’, que na língua portuguesa significa ‘O fenômeno’.

No ano de 1997, ele teve sua primeira derrota no MMA profissional, por nocaute técnico. Após perder a luta, ainda competiu outras duas vezes antes de se afastar temporariamente do UFC: a primeira, seu adversário aplicou uma chave de braço e ele foi derrotado rapidamente, já a segunda nocauteou o adversário em apenas 44 segundos.

Retorno ao UFC
Voltando ao UFC, no final de 2001, Belfort não conseguiu competir no UFC 33 devido a uma lesão anterior e o combate foi cancelado. Em fevereiro de 2004, o lutador venceu em apenas 49 segundos a final do UFC 46, tornando-se campeão do meio pesado. Já no mês de agosto, contra o mesmo adversário, o brasileiro foi derrotado após interrupção médica.

Depois de perder o cinturão na categoria, o brasileiro lutou, em 2005, pelo UFC 51. Com seus golpes certeiros, quebrou o nariz do desafiante no primeiro round, mas acabou derrotado no chão, perdendo por decisão dividida. Após este episódio, afastou-se novamente do UFC.

Em julho de 2009, Belfort assinou novo contrato com o UFC. Ele venceu a primeira luta, que foi válida pelo UFC 103. Pelo UFC 126, disputou o título contra Anderson Silva – atleta que possui o maior número de defesas do cinturão do UFC – sendo nocauteado com um chute logo no primeiro round.

Reality show no Brasil
Belfort foi escolhido como um dos treinadores do The Ultimate Fighter Brasil – Em Busca de Campeões, o primeiro reality show do UFC realizado no país, transmitido pela TV Globo em 2012.

Pride no Japão
Para competir no Pride Fighting Championships (MMA japonês), Belfort foi morar no Japão. Em 1999, na sua primeira luta, quebrou a mão no primeiro round e foi derrotado. Depois disto, o recordista venceu as lutas seguintes do torneio, tornando-se a partir daí uma lenda do MMA. Ele lutou outras cinco vezes no Pride, vencendo todas.

Box profissional
O lutador estreou no boxe profissional em 11 de abril de 2006. No primeiro minuto bateu o seu oponente três vezes e depois venceu por nocaute técnico. Foi a sua única aparição no esporte.

Cage Rage na Inglaterra
Belfort também competiu no Campeonato do Cage Rage, um programa do Reino Unido, inspirado no MMA. Em 2007, ele venceu fortes adversários. Na última luta, sagrou-se campeão na categoria meio pesado por unanimidade.

Livro sobre o atleta
A história do recordista se transformou no livro ‘Vitor Belfort – Lições de Garra, Fé e Sucesso’, publicado em 2012 pela Ediouro. A obra mostra os obstáculos no caminho do lutador, e as vitórias e derrotas dentro e fora do octógono. Com caráter motivacional, o livro tem por objetivo ajudar os leitores a entender que a vida é repleta de lutas e que é possível superar as dificuldade e vencer.

Vida pessoal
Belfort é casado com a modelo Joana Prado, são evangélicos e têm três filhos: Davi, Victoria e Kyara. Em 2002, juntos, eles participaram do reality show Casa dos Artistas, no SBT. Além da língua portuguesa, o recordista fala inglês, francês e espanhol.

UFC e MMA
UFC é a sigla de Ultimate Fighting Championship, uma organização americana de Artes Marciais Mistas (MMA), com a primeira competição realizada em 1993, nos Estados Unidos. As lutas misturam diferentes estilos como Jiu-jitsu, Boxe, Muay thay, Karatê, Taekwondo, entre outros.

Fontes: Ediouro Publicações, Wikipédia e Terceiro Tempo
Redação: Fátima Pires