Maior mostra fotográfica do Brasil

O recordista é o fotógrafo Vilmar Brum, com 18 mostras sobre diversos temas, todas realizadas em 2002

13/03/2007
5425 Acessos
Imprimir
Maior mostra fotográfica do Brasil
O fotógrafo fluminense Vilmar Brum, de 35 anos, entra para o RankBrasil. Ele conseguiu reunir 18 mostras fotográficas sobre diversos temas, todas no ano de 2002.

Em uma delas, que teve o nome ´Muito Prazer, Rio Paraíba´, o recordista mostrou histórias fascinantes do conhecido como ´rio de mil e uma faces´. A exposição aconteceu no Palácio da Cultura, em Campos dos Goitacazes.

“É através do Rio Paraíba do Sul que vem a água que chega às torneiras e ele guarda lembranças dos grandes vapores que por aqui passaram no início do século, transportando farinha e passageiros por cidades e usinas”, destaca Vilmar.

Outra exposição que merece destaque aconteceu durante a 4ª Semana do Meio Ambiente, realizada na Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf). Desta vez, o fotógrafo evidenciou as riquezas do Rio Paraíba do Sul, nos aspectos visual, físico, navegabilidade e preservação.

Nesta mostra, 20 fotografias retrataram a qualidade, potencialidade e gerenciamento da maior bacia hidrográfica da região. Segundo o fotógrafo, o Rio Paraíba reserva muitas coisas que as pessoas, no seu dia a dia, não conseguem ver. "Às vezes, as belezas passam despercebidas", explica.

Uma das características mais comuns de Vilmar é mostrar, de maneira diferente, os encantos e belezas naturais do município, incluindo em seu roteiro, além do Rio Paraíba, prédios históricos, praças antigas e o cotidiano dos campistas, que, visto em vários ângulos, surpreende as pessoas.


Bienal
O recordista ainda mostrou seu talento na II Bienal do Livro de Campos, na Fundação Rural de Campos (FRC). Foram 70 fotos sobre os aspectos gerais da cidade, distribuídas em vários pontos da feira de livros. As imagens destacaram a natureza, o clima, as ruas, as pessoas, os prédios e as igrejas, que foram acompanhadas de poesias, escritas também por Vilmar.

"Encontrei um jeito diferente de mostrar ao público o que uma fotografia quer dizer. Cada um entende a imagem de uma maneira, mas acompanhada por uma poesia ou um simples texto, tudo pode mudar", destaca.

Segundo ele, a cada exposição, um novo material é exibido: "Sensibilidade, tato, versatilidade e muita atenção são fatores importantes para um fotógrafo que deseja passar sentimento e realidade para a fotografia".

O objetivo do recordista é despertar a curiosidade das pessoas. "Não basta olhar as belezas da natureza e dos patrimônios. As obras-primas são relíquias para a cidade e os campistas", completa.


Redação: RankBrasil
Revisão: Fátima Pires