Maior vencedor do prêmio Bola de Ouro/Prata

O ex-jogador Zico conquistou nove vezes o prêmio, que é promovido pela revista Placar

14/05/2008
20059 Acessos
Imprimir
Maior vencedor do prêmio Bola de Ouro/Prata
O novo recordista do RankBrasil é o ex-jogador Zico, pelo título de Maior vencedor do prêmio Bola de Ouro/Prata.

Ao todo, ele conquistou nove prêmios: cinco Bolas de Prata, duas Bolas de Ouro e duas Bolas de Prata de Artilheiro. A competição é realizada pela revista Placar, com o objetivo de premiar o melhor jogador do Campeonato Brasileiro de Futebol.

Arthur Antuns Coimbra, o Zico, nasceu no Rio de Janeiro, em 03 de março de 1953. É considerado por muitas pessoas e especialistas, em especial torcedores do Flamengo, como o maior jogador da história do clube, onde atuou por mais de 10 anos.

O recordista iniciou sua carreira em um time de futebol de salão e no ano de 1971 estreou no futebol de campo jogando pelo Flamengo, em uma partida contra o Vasco da Gama. O jogador só garantiu seu lugar titular na equipe em 1974.

Defendeu a seleção brasileira entre os anos de 1976 e 1986, marcando 66 gols em 89 partidas. Participou das Copas do Mundo de 1978 e 1986, mas seu auge foi na Copa do ano de 1982, mesmo com a eliminação do Brasil, após a derrota para a Itália.

Nesta edição da Copa do Mundo, Zico teve a camisa rasgada dentro da grande área, em uma marcação do zagueiro italiano Claudio Gentile. O árbitro ignorou o lance e não marcou o pênalti.

Entre os anos de 1983 e 1985, Zico defendeu o time italiano Udinese. Ele foi aclamado pela população e torcedores italianos, com a intervenção do presidente italiano a favor da contratação do jogador brasileiro.

Em sua chegada à Itália, mais de duas mil pessoas o esperavam e não é para menos: em uma temporada, o jogador ficou apenas um gol atrás do artilheiro da Juventus, que havia jogado seis partidas a mais que Zico.

Uma pesquisa realizada em 2006, pelo jornal italiano La Repubblica, indicou Zico como o melhor jogador brasileiro que defendeu um time italiano. No ano de 1985 retornou ao Flamengo, mas sofreu uma falta onde rompeu os ligamentos cruzados do joelho, tendo que se submeter a uma série de cirurgias.

Atualmente é técnico de futebol, tendo dirigido a seleção do Japão entre os anos de 2004 e 2006, e treinador da equipe do Fenerbahçe, da Turquia.

Zico conquistou vários títulos durante sua carreira. Um deles é o de Maior artilheiro da história do Estádio do Maracanã, com um feito inédito de 333 gols em 435 partidas.

Pelo time do Flamengo, o recordista foi a principal figura em quatro títulos nacionais: 1980, 1982, 1983 e 1987. No ano de 1981, ajudou o time a conquistar a Taça Libertadores da América e o Mundial Interclubes. Esse período de grandes conquistas ficou conhecido como a ´Era Zico´.

Prêmios conquistados
>Melhor jogador do futebol brasileiro nos últimos 30 anos - Rede Globo/Globo Esporte (BRA) – 2003.
>Melhor jogador das Américas, pelo jornal El Mundo (VEN) – 1977.
>Melhor jogador do mundo, pelo Guerin Esportivo (ITA), El Balón (ESP), El Mundo (VEN) e revista Placar – 1981.
>Melhor jogador das Américas, pelo El Gráfico (ARG) e El Mundo (VEN) – 1982.
>Melhor drible do Fifa Street 2 – Ginga – 2006.
>Bola de Prata – revista Placar – 1987.
>Bola de Prata – revista Placar – 1982.
>Bola de Ouro – revista Placar – 1982.
>Bola de Ouro – revista Placar – 1980.
>Bola de Prata – revista Placar – 1977.
>Bola de Prata – revista Placar – 1975.
>Bola de Prata – Revista Placar – 1974.
>Bola de Ouro – Revista Placar – 1974.

10 melhores brasileiros no futebol italiano
1º - Zico
2º - Falcão
3º - Kaká
4º - Careca
5º - Júnior
6º - Ronaldo
7º - Cerezo
8º - Aldair
9º - Cafu
10º - Emerson
(Pesquisa realizada pelo jornal italiano La Repubblica - 2006)


Redação: Raquel Susin
Revisão: Fátima Pires